Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

A cipa e o uso obrigatório dos EPIs

Informações sobre o autor

auxiliar de escritório - auxiliar de logística -...
Nível
Especializado
Estudo seguido
administraç...

Informações do trabalho

Do Espirito Santo Cardozo W.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
12 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
208 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. CIPA - Comissão interna de prevenção de acidentes
    1. A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
    2. Origem da CIPA
    3. Por que CIPA?
  3. Segurança do trabalho
    1. A Importância da Segurança do Trabalho
    2. Prevenção de Acidentes
    3. Identificação das Causas dos Acidentes
    4. Custos Direto e Indireto dos Acidentes
    5. Equipamentos de Proteção Individual
  4. Conclusão
  5. Bibliografia

A preocupação em relação ao acidente pode ser encontrada nas fases mais remotas da história da sociedade humana, do mesmo modo pode-se dizer do acidente do trabalho, que está relacionado com o desenvolvimento das relações de trabalho. Os EPIs existem para proteger a saúde do trabalhador e devem ser testados e aprovados pela autoridade competente para comprovar sua eficácia. As recomendações, hoje, existentes para o uso de EPIs são bastante genéricas e padronizadas, não considerando variáveis importantes como o tipo de equipamento utilizado na operação, os níveis reais de exposição e, até mesmo, as características ambientais e da cultura onde o produto será aplicado.

[...] As recomendações, hoje, existentes para o uso de EPIs são bastante genéricas e padronizadas, não considerando variáveis importantes como o tipo de equipamento utilizado na operação, os níveis reais de exposição até mesmo, as características ambientais e da cultura onde o produto será aplicado. CIPA COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES A CIPA Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, é a instituição mais tradicional no campo da prevenção de acidentes do trabalho no Brasil. A CIPA foi criada pelo Decreto-lei n.º de 10 de novembro de 1944, que foi conhecido durante sua plena vigência, como Nova Lei da Prevenção de Acidentes. [...]


[...] Pode-se conceituar acidente do trabalho como decorrente do trabalho, provocando, direta ou indiretamente, lesão corporal,perturbação funcional ou doença que determine a morte, a perda total ou parcial permanente ou temporária da capacidade para o trabalho. A palavra acidente já significa ato imprevisto, perfeitamente evitável na maioria dos casos. As estatísticas de acidentes do trabalho, por lei, englobam também os acidentes de trajeto, ou seja, aqueles que ocorrem no trajeto do empregado de sua casa para a organização e vice-versa. SEGURANÇA DO TRABALHO A maior parte dos acidentes é provocada por causas que podem ser identificadas e removidas, para que não continuem provocando novos acidentes. [...]

Mais Vendidos administração

Administração de Suprimentos e Logística

 Administração e marketing   |  Administração   |  Projeto   |  30/08/2006   |  BR   |   .doc   |   13 páginas

A importância dos níveis hierárquicos na organização

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo de caso   |  19/09/2007   |  BR   |   .ppt   |   12 páginas

Últimos trabalhos administração

Relação do Estado das Estradas e a Qualidade da Maçã

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  11/06/2013   |  BR   |   .doc   |   18 páginas

Produção e Gestão da Serraria

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  16/08/2012   |  BR   |   .doc   |   35 páginas