Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Acirramento da concorrência

Informações sobre o autor

Funcionário do Banco do Brasil 1977/2007 - Professor...
Nível
Especializado
Estudo seguido
Adminsitraç...

Informações do trabalho

Ademar R.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
12 páginas
Nível
Especializado
Consultado
0 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Leucemias crônicas

Introdução:

O acirramento da concorrência, a obrigatoriedade de atender cada vez mais os anseios dos clientes e as permanentes mudanças na economia global evidenciaram a necessidade de que seja repensada, numa expectativa mais ampla, a formação dos agentes ativos que atuam na atividade bancária.

Para atender essa nova realidade, nas duas últimas décadas, os conceitos, princípios e técnicas para potencializar o desempenho das equipes, visando alta performance, passaram a figurar no cotidiano das organizações. A interdependência entre tais pressupostos e o aprendizado contínuo foi automática. Esta estratégia é defendida por Faissal, Passos, Mendonça & Almeida (2005, pg. 71): ?[] a empresa deve apoiar o desenvolvimento de competências, por meio de programas de capacitação e de educação continuada, invertendo o paradigma tradicional de selecionar e treinar para o de treinar e selecionar?.

Tal fenômeno tem provocado a criação de Universidades Corporativas para suprir tais deficiências, principalmente nas grandes empresas. São, portanto, criadas unidades de educação com o objetivo de disponibilizar múltiplas alternativas de aprendizagem alinhadas às estratégias das entidades mantenedoras.

Para Bertero (2007), os programas de formação de executivos estão longe de ser modismos e apresentam-se como instrumentos eficazes para atender uma demanda por conteúdos atuais, que abordem práticas fomentadoras do conhecimento cumulativo. Afirma, ainda, que a aceleração das mudanças, característica das sociedades contemporâneas, exige um método de aprendizagem sem interrupção.

Tanure (2007) alerta para o fato das escolas de negócios do Brasil tradicionalmente basearem seus conteúdos em teorias e realidades diferentes das nossas, e sugere a união entre a realidade vivenciada pelas empresas locais e as estratégias de desenvolvimento das lideranças das corporações.

Algumas Universidades Corporativas são híbridas, ou seja: constituídas através de parcerias com entidades de ensino convencional, porém com conteúdo programático aderente às diretrizes das empresas. Outras são puras: criadas a partir de departamentos internos das empresas, dedicados à formação profissional dos funcionários. No repasse dos conteúdos serão utilizados os métodos de ensino a distância, vídeo conferência e provas presenciais.

A Universidade Corporativa do Banco do Brasil, nosso universo de estudo, está inserida entre as que adotam o sistema híbrido. A pretensão deste artigo, de forma ampla é avaliar a interface entre os propósitos da UNIBB e a sua pertinência com as ponderações dos funcionários do banco acerca dos treinamentos recebidos, com os seguintes desdobramentos:
a) Confrontar o conjunto de regras e valores que norteiam a funcionalidade das Universidades Corporativas, com os princípios organizacionais da Universidade Corporativa Banco do Brasil.
b) Identificar se as informações recebidas estão contribuindo para elevar a massa crítica dos funcionários.
c) Apurar se os conceitos são aplicáveis fora do Banco ou se limitam às atividades desenvolvidas no âmbito da empresa.

A opção do Banco do Brasil com fechamento de alianças entre a UNIBB e Universidades convencionais é citada por Mundim (2002), como modelo adequado, ao defender que, apesar da educação corporativa ser vista como ameaça ao ensino tradicional, constata-se que as experiências de sucesso são as advindas das parcerias entre a universidade corporativa e instituições tradicionais.

Ao defender as parcerias entre as universidades corporativas e as instituições tradicionais, para desenvolvimento de programas específicos, Meister (1999, p. 191), escreve: ?Esse conceito de educação sob medida refere-se às alianças que as corporações fazem com faculdades e universidades para criar um programa sob medida []?.

[...] Os funcionários entrevistados estão lotados em agências do Banco do Brasil, no Estado da Bahia, que atuam em filiais vinculadas a Gerência Regional de Vitória da Conquista. Por tratar de questões que envolvem críticas e avaliações sobre o modelo considerado ideal pela Empresa patrocinadora e empregadora do entrevistado, o Banco do Brasil, a identidade dos respondentes será preservada. Para as questões fechadas, trabalhamos a conformidade das respostas em relação aos estímulos recebidos para as questões abertas, fizemos uma análise comparativa entre as percepções, a literatura disponível e os objetivos da Universidade Corporativa do Banco do Brasil. [...]


[...] No primeiro ponto, solicitaram que os conteúdos contemplem, sempre que possível, ações comportamentais com valorização da ética, da boa prática bancária e do respeito. Tais respostas, sob nosso entendimento, são revestidas de traços da cultura organizacional do Banco do Brasil e fazem parte da massa crítica e do posicionamento dos funcionários enquanto cidadãos. No segundo ponto os respondentes assinalam que em cursos realizados em sala de aula, com alunos ausentes do ambiente de trabalho, o aproveitamento é superior. Nos cursos realizados simultaneamente com as atividades diárias, no formato a distância (com material físico ou virtual), o nível de aprendizado é inferior. [...]


[...] A pretensão deste artigo, de forma ampla é avaliar a interface entre os propósitos da UNIBB e a sua pertinência com as ponderações dos funcionários do banco acerca dos treinamentos recebidos, com os seguintes desdobramentos: Confrontar o conjunto de regras e valores que norteiam a funcionalidade das Universidades Corporativas, com os princípios organizacionais da Universidade Corporativa Banco do Brasil. Identificar se as informações recebidas estão contribuindo para elevar a massa crítica dos funcionários. Apurar se os conceitos são aplicáveis fora do Banco ou se limitam às atividades desenvolvidas no âmbito da empresa. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Estratégias urbanas e city-marketing: os limites éticos-legais da cidade- produto na...

 Administração e marketing   |  Comunicação   |  Estudo   |  12/12/2006   |  BR   |   .doc   |   19 páginas

Técnicas e estratégias negociais do mercado brasileiro

 Administração e marketing   |  Administração   |  Dissertação   |  10/06/2008   |  BR   |   .doc   |   26 páginas

Mais Vendidos administração

Administração de Suprimentos e Logística

 Administração e marketing   |  Administração   |  Projeto   |  30/08/2006   |  BR   |   .doc   |   13 páginas

A importância dos níveis hierárquicos na organização

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo de caso   |  19/09/2007   |  BR   |   .ppt   |   12 páginas