Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Administração participativa

Informações sobre o autor

Prefeitura Municipal de Corinto
Nível
Especializado
Estudo seguido
Administraç...

Informações do trabalho

ANTONIO D.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
7 páginas
Nível
Especializado
Consultado
629 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Administração participativa (gestão participativa)

Nas três décadas passadas as empresas passaram a encarar com mais preocupação a necessidade de rever seus modelos gerenciais e buscar assim modelos novos de gestão.

As novas práticas de gestão empresarial, surgidas principalmente a partir dos anos 70, são decorrentes ou provocadas por mudanças macro-ambientais que tornaram obsoletas as práticas até anteriormente utilizadas. Ocorre, assim, uma quebra de paradigma que precisa ser avaliada do ponto de vista da evolução dos novos modos de se administrar uma organização. PEREIRA (1995) desenvolveu um modelo de análise da evolução dos modelos de gestão que contempla os três níveis conceituais

Já o conceito de "Ondas de Transformação" (TOFFLER, 1980, p. 24): trata-se dos grandes momentos históricos de evolução da sociedade humana, cada qual com seus paradigmas próprios relacionados aos aspectos político, econômico, social, tecnológico e organizacional.

O conceito de "Eras Empresariais" (MARANALDO, 1989, p. 60): trata-se dos estágios de evolução empresarial, a partir da Revolução Industrial (Segunda Onda de Transformação), cada um com seus paradigmas gerenciais próprios. E por fim o conceito de "Modelos de Gestão" trata-se do conjunto próprio de concepções filosóficas e idéias administrativas que operacionalizam as práticas gerenciais nas organizações.

[...] Segundo MARANALDO (1989, p60), ?Administração Participativa é o conjunto harmônico de sistemas, condições organizacionais e comportamentos gerenciais que provocam e incentivam a participação de todos no processo de administrar os três recursos gerenciais (Capital, Informação e Recursos Humanos), obtendo, através dessa participação, o total comprometimento com os resultados, medidos como eficiência, eficácia e qualidade?. Definir a participação é possuir diversas implicações uma vez que, participar não é natural dos modelos convencionais de administração. Há paradigmas que alienam o trabalhador ao controle de seu próprio trabalho e à gestão organizacional. [...]


[...] Diversas modalidades de administração participativa são consideradas formas de autogestão apenas existem quando os participantes de um empreendimento são também seus proprietários, como é o caso das cooperativas, repúblicas de estudantes, condomínios, associações, grupos de teatro, conjuntos musicais. Quanto ao uso de poder o que se pode argumentar é que a consciência da perda parcial do poder nos níveis superiores deve existir. Os dirigentes delegam para os gerentes algumas atividades e decisões que antes se concentravam neles; idem dos gerentes para a equipe, de forma que há uma diluição do poder na empresa, envolvendo mais intensamente os colaboradores, o que viabiliza a redução de níveis hierárquicos e possibilita a maior horizontalização da empresa. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Inspeção escolar participativa

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  10/01/2007   |  BR   |   .doc   |   28 páginas

Método do caso no estudo da administração

 Administração e marketing   |  Administração   |  Curso   |  07/05/2007   |  BR   |   .doc   |   15 páginas

Mais Vendidos administração

Administração de Suprimentos e Logística

 Administração e marketing   |  Administração   |  Projeto   |  30/08/2006   |  BR   |   .doc   |   13 páginas

A importância dos níveis hierárquicos na organização

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo de caso   |  19/09/2007   |  BR   |   .ppt   |   12 páginas