Ou baixar através de : Permuta

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
administração
Faculdade
FACECA/FADIVA

Informações do trabalho

Data de Publicação
03/05/2007
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
25 páginas
Nível
Para todos
Consultado
4 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário

A contribuição do negro para a formação da sociedade

Sob o ponto de vista sociológico fica a impressão de que a história dos negros no Brasil foi escrita a lápis. Um rascunho que pode ser apagado e reescrito a qualquer momento, dependendo da visão do historiador. Talvez, tenha sido este zelo ou descuido historiográfico que tenha apagado da mente social brasileira as suas próprias origens e a sua sobrevivência. Os filhos da África, juntamente com os índios, fizeram parte de uma estruturação econômica e social da nação, porque, de nada adiantaria a figura européia se não houvesse a mão-de-obra escrava para arar, semear e colher. Os escravos negros fizeram a economia do Brasil e de outras nações “poderosas”

[...] Sansone[21] afirma que, além chamada reafricanização da cultura afro-brasileira”, também concorreu, simultaneamente, para processos de mercantilização, incorporação de certas mercadorias negras à auto-imagem nacional e comercialização a desetigmatização de várias expressões culturais tidas como típicas dos negros na Bahia urbana, o que lhes permitiu tornarem-se parte da imagem pública do Estado da Bahia”. Desse modo, o negro já culturalmente incorporado à sociedade inclusiva se auto-afirmou e se impôs perante o resto da população, buscando cada vez mais o espaço que lhe é de direito. [...]


[...] A terceira fase desses trabalhos, tem grande responsabilidade na situação de exclusão do negro na estrutura de dominação da sociedade pelo establishement branco, consolidado no governo e difundido na sociedade civil, passando-se posteriormente para a democracia racial, integradora e geradora de plenos direitos para a denúncia de uma dominação real assentada sobre a base de um racismo difuso e poderoso. O que ocorreu, até a contemporaneidade, na história dos estudos e dos movimentos negros no Brasil, de uma forma geral, tem a ver com as características aqui expostas para as diferentes fases de sua evolução e transformação nos campos teórico e prático das ações que lhes são próprias. [...]


[...] O texto do PNDH, em grande parte é resultante dos trabalhos do GTI (Grupo de Trabalho Interministerial para Valorização da População Negra), criado após a mobilização das organizações do movimento negro por ocasião da celebração dos 300 anos de Zumbi dos Palmares, em 1995. Iniciativas que ficam no papel existem em abundância. Em julho de 1996, o governo federal, na gestão de Fernando Henrique Cardoso, organizou a conferência Multiculturalismo e Racismo: O Papel da Ação Afirmativa nos Estados Democráticos Contemporâneos[38]. [...]

...

Estes documentos podem interessar a você

Abordagem sobre o tema da violência no conto "O COBRADOR" de Rubem Fonseca e na música "Um...

 Psicologia e letras   |  Psicologia   |  Estudo   |  14/02/2007   |  BR   |   .doc   |   52 páginas

Um projeto para analisar as mudanças no perfil do professor de história dentro das novas...

 Sociedade   |  Educação   |  Projeto   |  26/09/2007   |  BR   |   .doc   |   55 páginas

Mais Vendidos administração

Plano de negócios Agência de Turismo

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo de caso   |  11/05/2007   |  BR   |   .doc   |   18 páginas

O trabalho com a música na educação infantil

 Administração e marketing   |  Administração   |  Monografia   |  01/12/2006   |  BR   |   .doc   |   17 páginas
Compra e venda de trabalhos acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.