Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Análise do departamento de recursos humanos de uma empresa que atua no setor de materiais de construção

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
administração
Faculdade
FACECA/FADIVA

Informações do trabalho

José Antônio P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
20 páginas
Nível
Para todos
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. INTRODUÇÃO
  2. A EMPRESA
    1. Perfil do Grupo Lafarge
    2. Perfil da Lafarge Concreto
    3. Missão da empresa
    4. Política da empresa
    5. Infra-Estrutura
    6. Ambiente de Trabalho
    7. Foco no cliente
    8. Processos de produção de concreto e argamassas
    9. Segurança
    10. Lafarge e o Meio Ambiente
    11. Principais concorrentes e fornecedores
    12. Departamento Estagiado
    13. Organograma
  3. REFERENCIAL TEÓRICO
  4. O ESTÁGIO
    1. Documentos para apresentação
    2. Horário de Trabalho
    3. Salários
    4. Folgas
    5. Refeição
    6. Benefícios
    7. Férias e Feriados
    8. Faltas e Atrasos
    9. Desligamento da Empresa
    10. Respeito ás normas da empresa
    11. Relacionamento
    12. Advertência, Suspensão e Demissão
    13. Concorrência
    14. Dúvidas
    15. Organização
    16. Relatórios
    17. Reuniões
    18. Comunicação
    19. Provisão de Recursos
    20. Plano de carreira
    21. Treinamento
  5. CONCLUSÕES E SUGESTÕES
    1. Conclusões
    2. Sugestões a Lafarge
    3. Sugestões a FACECA
  6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Este trabalho tem por objetivo demonstrar uma empresa em seu período de treinamento e as formas utilizadas para a aprendizagem.
Treinamento é um processo de educação de certo prazo visando à capacitação e aperfeiçoamento de pessoas para o exercício do cargo estabelecido.
Este visa proporcionar quatro tipos de mudanças nos treinados: transmissão de informações, desenvolvimento de habilidades, de desenvolvimento e de conceitos.
É dado nas empresas ou em firmas especializadas em treinamento. Envolve a transmissão de conhecimentos específicos relativos ao trabalho, atitudes frente a aspectos da organização, da tarefa e do ambiente, e desenvolvimento de habilidades. Qualquer tarefa seja complexa ou simples, envolve necessariamente estes três aspectos.
O treinamento se inicia após admissão ou promoção quando o funcionário passa pela integração.
Trata-se de um investimento empresarial destinado a capacitar a equipe de trabalho a reduzir ou limitar a diferença entre o atual desempenho e os objetivos e realizações propostos. Em outras palavras e num sentido mais amplo, o treinamento é um esforço dirigido no sentido de equipe, com a finalidade de fazer a mesma atingir o mais economicamente possível os objetivos da empresa. O retorno do investimento é altamente compensador para a organização.
É importante saber recrutar, selecionar, treinar, avaliar criteriosamente e trabalhar os colaboradores.

[...] CLT Art 2º - Poderá dispensado o acréscimo de salário se, por força de acordo ou convenção coletiva do trabalho, o excesso de horas em um dia for compensado pela correspondente diminuição em outro dia, de maneira que não exceda, no período máximo de um ano, á soma das jornadas semanais de trabalho previstas, nem seja ultrapassando o limite máximo de dez horas diárias. Obriga-se o empregado a prestar serviços em horas extraordinárias, sempre que lhe for determinado pela empresa, o empregado receberá as horas extraordinárias com o acréscimo legal, salvo a ocorrência de compensação, com a conseqüente redução da compensação, com a conseqüente redução da jornada de trabalho do outro dia. [...]


[...] CLT Art 3º - O limite mínimo de uma hora para repouso e refeição poderá ser reduzido por ato do Ministério do Trabalho, quando, ouvido o Departamento Nacional de Segurança e Higiene do Trabalho, se verificar que o estabelecimento atende integralmente ás exigências concernentes á organização dos refeitórios e quando os respectivos empregados não estiverem sob regime de trabalho prorrogado a horas suplementares. CLT Art 2º - As empresas não poderão organizar horários que obriguem os empregados a fazer a refeição do almoço antes das 10 e depois das 13 horas Benefícios São fornecidos: ticket alimentação, vales transportes e assistência médica Férias e Feriados As férias serão após 12 meses de vigência do contrato de trabalho podendo ser celebrada antes de vencer a 2º férias, podendo a empregadora definir a data do gozo de férias. [...]


[...] Treinamentos internos são os módulos de treinamento aplicados dentro do recinto da empresa e dividem-se, segundo o período em que são ministrados, em: Treinamento introdutório: é o chamado treinamento de introdução, realizado com o objetivo de dar ao novo empregado, no momento de sua entrada, todas as informações necessárias para facilitar a sua integração na organização. Treinamento no trabalho: realizado ao longo de toda a permanência do empregado na empresa, com o objetivo de reciclar conhecimento e práticas ou de aplicar técnicas de aprendizagem específica (MARRAS p. [...]

Mais Vendidos administração

Administração de Suprimentos e Logística

 Administração e marketing   |  Administração   |  Projeto   |  30/08/2006   |  BR   |   .doc   |   13 páginas

A importância dos níveis hierárquicos na organização

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo de caso   |  19/09/2007   |  BR   |   .ppt   |   12 páginas

Últimos trabalhos administração

Relação do Estado das Estradas e a Qualidade da Maçã

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  11/06/2013   |  BR   |   .doc   |   18 páginas

Produção e Gestão da Serraria

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  16/08/2012   |  BR   |   .doc   |   35 páginas