Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

As teorias e sua correlação com as empresas atuais

Informações sobre o autor

autônoma
Nível
Especializado
Estudo seguido
Letras

Informações do trabalho

Montserrat C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
17 páginas
Nível
Especializado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. As teorias e sua correlação com as empresas atuais
    1. A Teoria Clássica da Administração
    2. Teoria da Administração Científica
    3. Teoria das Relações Humanas
    4. Teoria de Maslow ou Teoria da Hierarquia das Necessidades
    5. Teorias X e Y de McGregor
    6. Teoria de Argyris
    7. Teoria de Herzberg
    8. A Teoria neoclássica
    9. Teoria da burocracia
    10. Teoria dos Sistemas

A Teoria Clássica da Administração teve início no começo deste século com dois engenheiros, Frederick Winslow Taylor nos EUA e Henri Fayol na França. Ambas previam a organização de elementos muito bem divididos e separados. Os estudos de tempos consideravam o ser humano uma máquina e este respondia às motivações salariais. Os resultados eram evidentes e o foco técnico ganhava credibilidade.
Em 1927 George Elton Mayo envolveu-se com a Experiência de Hawthorne, bairro de Chicago onde havia uma das fábricas da Western Eletric Co. Pesquisava a influência da iluminação no trabalho, mas as impertinentes e impróprias variáveis psicológicas atrapalhavam suas pesquisas. Isto prolongou seu trabalho até 1932, quando foi interrompido pela crise de 1929. Os resultados acumulados levaram Elton Mayo a conceber a Teoria das Relações Humanas, cujo foco era essencialmente humano.

[...] As divisões e separação podem até ser úteis, mas criam antagonismos, competições, atitudes defensivas, transformam parceiros em inimigos e conduzem paulatinamente as empresas ao imobilismo, pois uma linha limítrofe, como qualquer especialista militar pode explicar, é também uma linha de combate em potencial, pois demarca o território de dois campos opostos e potencialmente antagônicos. Ao dividirmos totalidades criamos campos diferenciados de aparências opostas. Para podermos fazer uma escolha, teremos que valorizar um em detrimento do outro e perdemos tudo o que contém o lado descartado. [...]


[...] Seus estudos baseavam-se em que o indivíduo não deve ser visto como uma mera acumulação de suas partes, ao contrário, tem personalidade própria Segundo seus estudos, é fundamental que as propriedades da organização e do indivíduo sejam diagnosticadas, evitando assim conflitos internos da empresa. Ele concluiu que as necessidades dos indivíduos tendem a ser incompatíveis com as exigências da organização. Com base nas Teorias X e Argyris propôs um modelo de comportamento dos funcionários nas empresas, associando A a Teoria X e B a Teoria Y. [...]


[...] As divisões e separação podem até ser úteis, mas criam antagonismos, competições, atitudes defensivas, transformam parceiros em inimigos e conduzem paulatinamente as empresas ao imobilismo, pois uma linha limítrofe, como qualquer especialista militar pode explicar, é também uma linha de combate em potencial, pois demarca o território de dois campos opostos e potencialmente antagônicos. Ao dividirmos totalidades criamos campos diferenciados de aparências opostas. Para podermos fazer uma escolha, teremos que valorizar um em detrimento do outro e perdemos tudo o que contém o lado descartado. [...]

Mais Vendidos administração

Administração de Suprimentos e Logística

 Administração e marketing   |  Administração   |  Projeto   |  30/08/2006   |  BR   |   .doc   |   13 páginas

A importância dos níveis hierárquicos na organização

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo de caso   |  19/09/2007   |  BR   |   .ppt   |   12 páginas

Últimos trabalhos administração

Relação do Estado das Estradas e a Qualidade da Maçã

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  11/06/2013   |  BR   |   .doc   |   18 páginas

Produção e Gestão da Serraria

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  16/08/2012   |  BR   |   .doc   |   35 páginas