FacilitaJa
Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Comportamento organizacional: diferenças individuais

Administração Comportamento organizacional: diferenças individuais

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
outros
Faculdade
Uni Nove

Informações do trabalho

Douglas M.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
11 páginas
Nível
Para todos
Consultado
0 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. O QUE É COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL
  2. CAPITALIZANDO AS DIFERENÇAS INDIVIDUAIS
  3. DIVERSIDADE NA PERSONALIDADE

Comportamento Organizacional é o estudo do comportamento humano que tem como foco ações e atitudes dos indivíduos, grupos no ambiente das organizações, com o objetivo de utilizar esse conhecimento para alcançar produtividade, reduzir o absenteísmo e a rotatividade, ou seja, para promover a melhoria da eficácia organizacional.
Suas principais variáveis são: Estrutura, clima e cultura organizacional, ambiente de trabalho, planejamento, habilidades interpessoais.
O estudo do comportamento organizacional se apóia na contribuição de diversas outras disciplinas comportamentais. As áreas predominantes são a psicologia, a sociologia, a psicologia social, a antropologia e as ciências políticas.

[...] (CHIAVENATO, Idalberto. Planejamento, Recrutamento e Seleção de Pessoal Como Agregar Talentos À Empresa. São Paulo: Atlas P. 53) Segundo Chiavenato, o problema do recrutamento é diagnosticar e localizar no mercado de trabalho as fontes de recursos humanos do seu interesse para dar início ao processo de recrutamento. A primeira fase desse processo é identificar, escolher e fazer a manutenção das fontes com probabilidade de atender os requisitos preestabelecidos pela organização. Fatores que influenciam a Administração de Recursos Humanos: 1. “elevar o rendimento do processo de recrutamento, aumentando tanto a proporção de candidatos/candidatos triados para a seleção, bem como a proporção de candidatos/empregados admitidos; 2. [...]


[...] CAPÍTULO IV CONCLUSÃO Mostramos nesse trabalho como os indivíduos são diferentes entre si e como o aproveitamento é essencial para o comportamento organizacional. Com a reengenharia, globalização, downsizing palavras que são ditas ultimamente nas empresas podem ser inseridas dentro da aptidão cognitiva geral, pois nessa característica é avaliado o desempenho no trabalho e à adaptação do novo. Outra característica, onde os indivíduos diferem, também, é na personalidade e que é observada dentro do desempenho do cargo. As empresas devem distinguir essas diferenças para fazer disso uma vantagem competitiva sustentável. [...]


[...] Os estudos tayloristas e fayolistas (escola clássica da administração de empresas) partem do princípio de que o comportamento do trabalhador é unicamente pelo interesse material. Por isso, para que ele se adapte ao trabalho e consiga a maior produtividade possível, é necessário dar-lhe um incentivo, mediante aumento de salários ou melhorias das condições de trabalho. Apenas por volta dos anos de 1930 este conceito seria plenamente incorporado à teoria das organizações. Chester Barnard (1886 a 1961) publicou seu livro-referência functions of the Executive” em 1938, explicando o papel de um alto executivo: formular o propósito de uma organização, contratar pessoas-chave e manter comunicações organizacionais. [...]

...

Mais Vendidos administração

Implantação do kanban em fábricas de canetas

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  05/02/2007   |  BR   |   .doc   |   15 páginas

Relação do Estado das Estradas e a Qualidade da Maçã

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  11/06/2013   |  BR   |   .doc   |   18 páginas

mais Pontuados administração

Qualidade do atendimento na saúde pública municipal

 Administração e marketing   |  Administração   |  Monografia   |  15/01/2009   |  BR   |   .doc   |   43 páginas

Administração de vendas

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  05/02/2010   |  BR   |   .ppt   |   50 páginas