Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Resíduos sólidos domiciliares

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
administração
Faculdade
FACECA/FADIVA

Informações do trabalho

José Antônio P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo
Número de páginas
47 diapositivo
Nível
Para todos
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Função da mastigação
  2. Introdução
  3. Tratamento da mordida cruzada
  4. Técnicas de análise aos movimentos mastigatórios
  5. Revisão da literatura
  6. Registros pré- tratamento
  7. Registros fotográficos e de filmagens
  8. Registros cinesiográficos computadorizados
  9. Equipamentos utilizados
  10. Colocação do magneto nos incisivos do paciente
  11. Análise da polarização magnética norte-sul
  12. Posicionamento visual do sensor
  13. Alinhamento eletrônico do sensor
  14. Fixação dos sensores magnéticos
  15. Sistema de captação de dados
  16. Resultados dos movimentos vertical
  17. Resultados dos movimentos

O objetivo do presente trabalho consiste foi verificar o tratamento e a disposição final dos resíduos sólidos urbanos estudando a possibilidade de gestão técnica para a disposição adequada dos resíduos sólidos urbanos (RSU), visando o desenvolvimento agrícola e urbano nos municípios. Resultam de atividades da comunidade de origem: urbana, agrícola, radioativa e outros (perigosos e/ou tóxicos). RESÍDUOS CLASSE I - Perigosos: resíduos sólidos ou mistura de resíduos inflamáveis, corrosivos, reativos, tóxicos e patogênicos, que apresentam riscos à saúde pública, aumentando o índice de mortalidade e incidência de doenças ou apresentando efeitos adversos ao meio ambiente. RESÍDUOS CLASSE II - Não Inertes: resíduos que possuem propriedades tais como: combustibilidade, biodegradabilidade, ou solubilidade em água. RESÍDUOS CLASSE III - Inerte: resíduos que quando submetidos a testes de solubilização não tenham nenhum de seus constituintes solubilizados, em concentrações superiores aos padrões de potabilidade de águas, excetuando-se os padrões: aspecto, cor, turbidez e sabor.

[...] DISPOSIÇÃO FINAL Descarga a céu aberto ou lixão - resíduos são jogados sobre o solo, sem medidas de proteção ao meio ambiente ou à saúde pública. Aterro controlado - os resíduos sólidos são cobertos com terra, onde reduz os problemas de poluição visual, mas não reduz as poluições do solo, das águas e do ar. Aterro sanitário - utiliza princípios de engenharia para confinar os resíduos sólidos à menor área possível e reduzi-los ao menor volume permissível, cobrindo-os com uma camada de terra na conclusão de cada jornada de trabalho. [...]


[...] GERENCIAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS O gerenciamento deve ser feito pela Prefeitura ou por seu gerador, conforme o caso. PROGRAMA DE GERENCIAMENTO INTEGRADO DE RESÍDUOS Deve conter os seguintes componentes: redução de resíduos (incluindo reuso dos produtos); reciclagem de materiais (incluindo compostagem); recuperação de energia por resíduo combustível; disposição final (aterros sanitários). PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NO GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS Coleta seletiva; Segregação mecânica, separando materiais orgânicos dos inorgânicos nos locais de recepção (usinas de reciclagem); Compostagem e/ou vermicompostagem, que processam restos orgânicos objetivando produzir fertilizantes para o uso agrícola e/ou com tecnologia na qual se utilizam minhocas para produzir compostos orgânicos; Incineração, tratamento térmico, mais utilizado na eliminação dos resíduos de serviços de saúde; Aterros sanitários energéticos, com drenagem, captação dos gases produzidos pelo processo de biodegradação dos componentes orgânicos e seu aproveitamento econômico. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Gerenciamento de resíduos de serviços de saúde - GRSS

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  27/08/2008   |  BR   |   .ppt   |   34 páginas

Mais Vendidos administração

Administração de Suprimentos e Logística

 Administração e marketing   |  Administração   |  Projeto   |  30/08/2006   |  BR   |   .doc   |   13 páginas

A importância dos níveis hierárquicos na organização

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo de caso   |  19/09/2007   |  BR   |   .ppt   |   12 páginas