Informações sobre o autor

Consultoria - Consultoria - Gerência de Recursos Humanos
Nível
Especializado
Estudo seguido
Mestrado...

Informações do trabalho

Data de Publicação
21/08/2007
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
38 páginas
Nível
Especializado
Consultado
5 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário

Sala de aula, espaço de exclusão ou de inclusão?

  1. Introdução
  2. Uma visão da legalidade da inclusão
    1. Legislações e normas
    2. A inclusão sob a visão de alguns estudiosos
    3. Inclusão x exclusão
    4. Integração x Segregação
    5. Definição dos termos
    6. Princípios para os portadores de deficiência
  3. A inclusão do deficiente na rede regular do ensino
    1. Inclusão até a declaração de salamanca
    2. Integração após a declaração de salamanca
    3. Implicações educacionais
    4. Recursos educacionais especiais
    5. Considerações preliminares
    6. Dimensões da integração

Este estudo pretende discutir a inclusão dentro do contexto educacional, enfocando a problemática da sala de aula, considerando principalmente, as diretrizes e recomendações de organizações nacionais e internacionais a respeito do assunto. A inclusão dos portadores de deficiências na escola regulares estão garantidas por lei. O Poder Público adotará, como alternativa preferencial, a ampliação do atendimento aos educandos com necessidades especiais na própria rede pública regular de ensino. Um dos empecilhos na educação dos alunos portadores de deficiência é a necessidade de uma metodologia específica, bem como de recursos. A questão da inclusão de crianças com necessidades educativas especiais na rede regular de ensino insere-se no contexto das discussões, cada mais em evidência, relativas à integração de pessoas portadoras de deficiências enquanto cidadãos, com seus respectivos direitos e deveres de participação e contribuição social. Tratando-se da inclusão do portador de deficiência no ensino regular tal necessidade é facilmente comprovada na observação do cotidiano das escolas, quando se percebe a perplexidade, confusão e insegurança que professores e outros profissionais demonstram ao se depararem com o assunto, seja na teoria ou na prática.A escola passou, nesse sentido, a desempenhar um papel ambíguo frente à diversidade: de um lado, abriu as portas aos alunos excepcionais; de outro não se preparou e não passou a oferecer as condições necessárias para a educação dos alunos com necessidades educacionais especiais. A Educação Especial deve ser parte integrante do Sistema Geral de Educação e não um sistema isolado, paralelo. Ela deve fluir nos diferentes níveis e graus de Ensino. Com este estudo pode-se concluir que a inclusão (na escola, no trabalho, no lazer, nos serviços de saúde etc.) significa que a pessoa deficiente deve integrar-se à sociedade sim, mas também a sociedade deve adaptar-se às necessidades da pessoa com deficiência. Em termos práticos e governamentais, a inclusão deve implicar na reformulação de políticas educacionais e de implementação de projetos educacionais do sentido excludente ao sentido inclusivo.

[...] Nestes aspectos questiona-se: Atualmente, a sala de aula tem sido espaço de exclusão ou inclusão ? Pois é lá dentro que o aluno com necessidades especiais irá sentir o impacto das suas deficiências, da forma de tratamento entre ele e os colegas, ele e o professor. Assim, considera-se pertinente este estudo sobre a inclusão do indivíduo com necessidades especiais no ensino regular, bem como sobre as reais possibilidades e os possíveis limites para a efetivação desta proposta. Este estudo pretende discutir a inclusão quando traduzida para este contexto educacional, bem como as possíveis implicações que ela traz ao contexto brasileiro, principalmente quando se considera as recentes diretrizes e recomendações de organizações nacionais e internacionais a respeito do assunto. [...]


[...] 2o A transferência de recursos financeiros, objetivando a execução do PAED,’será efetivada automaticamente pelo FNDE, sem necessidade de convênio, ajuste, acordo ou contrato, mediante depósito em conta-corrente específica. 3o A transferência de recursos financeiros às entidades é condicionada à aprovação prévia pelos Conselhos Municipais de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério - FUNDEF, de programa de aplicação que atenda aos objetivos estabelecidos no art. 1o desta Lei. 4o Os recursos recebidos à conta do PAED deverão ser aplicados pela entidade executora em despesas consideradas como de manutenção e desenvolvimento do ensino, de acordo com os arts e 71 da Lei no de 20 de dezembro de 1996. [...]


[...] Ao iniciar o pensamento sobre A inclusão escolar, é lembrado do pequeno parágrafo acima, pois, à partir do movimento pela inclusão no Brasil, surgido de diversas influências, percebeu-se uma generalização e modismo no uso do termo inclusão, que têm gerado muita preocupação àqueles que estão na sala de aula, principalmente de escolas de portadores de deficiência. O movimento pela inclusão no Brasil cresceu e passou a centralizar a atenção de educadores e outros profissionais, ligados ou não à pessoa com deficiência, em concordância no ideal de que inclusão refletia oposição à exclusão. [...]

...

Estes documentos podem interessar a você

A importância da sala de recursos para a educação inclusiva

 Sociedade   |  Educação   |  Monografia   |  17/07/2007   |  BR   |   .doc   |   39 páginas

A inclusão escolar

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo dirigido   |  01/08/2007   |  BR   |   .doc   |   23 páginas

Mais Vendidos administração

A importância da gestão de estoque: estudo de caso em uma empresa de auto-peças

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo de caso   |  03/01/2007   |  BR   |   .doc   |   34 páginas

Logística: função essencial da empresa

 Administração e marketing   |  Administração   |  Monografia   |  06/07/2007   |  BR   |   .doc   |   28 páginas
Compra e venda de trabalhos acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.