Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Segurança e medicina do trabalho - um estudo de caso na General Electric

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
administração
Faculdade
FACECA/FADIVA

Informações do trabalho

José Antônio P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
34 páginas
Nível
Para todos
Consultado
6 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
    1. Metodologia
  2. Revisão de literatura
    1. Acidentes do trabalho
    2. Segurança e saúde do trabalho
    3. Motivações e qualidade de vida do trabalho
    4. Surgimento das normas regulamentadoras
  3. Estudo de caso na empresa General Eletric
    1. A empresa
    2. Programa Ge de certificação de segurança
    3. Plano de saúde e segurança do trabalho
    4. Metas do programa de segurança e saúde do trabalho
    5. Estratégia e metodologia aplicada
    6. Programa de prevenção de riscos ambientais PPRA
    7. Riscos ambientais
    8. Antecipação e reconhecimento dos riscos
    9. Avaliação qualitativa dos riscos
    10. Programa de controle médico de saúde ocupacional - PCMSO
    11. Medidas de controle
    12. Ergonomia
    13. Responsabilidades
    14. Análise de indicadores de acidentes do trabalho
  4. Considerações finais
  5. Referências
  6. Anexos

As mudanças que ocorrem no mundo social, econômico, político e tecnológico, fazem com que as organizações adotem novas estratégias empresariais.
Nas últimas décadas, o constante crescimento da competição do mercado, juntamente com o aumento das exigências por parte dos clientes fazem com que as organizações implantem sistemas de gestão. O Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho (SGSST) surge como um instrumento eficaz para melhorias das condições do ambiente e gera resultados benéficos na evolução da gestão nas empresas, independente do setor em que estas atuam.
Os Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde no ambiente de trabalho representam, cada vez mais, foco de atenção dos trabalhadores, organizações sindicais, empresas e profissionais da área, onde os maiores beneficiários são os trabalhadores que passam a ter sua saúde e segurança asseguradas.
A necessidade da segurança e saúde no trabalho caminharem juntas cresce, apesar dos obstáculos colocados por alguns profissionais, que não entendem a necessidade dessa parceria, mas são as Normas Regulamentadoras (NR) que mostram a importância da integração destes dois sistemas, em todas as atividades da organização.
O objetivo principal deste trabalho é mostrar a importância da implementação de programas de segurança e saúde dentro do ambiente de trabalho, visando defender a integridade de todos os envolvidos, além promover melhor produtividade, redução de custos e melhor imagem da empresa perante o mercado. Para isso é importante o comprometimento de todos os graus hierárquicos da empresa, iniciando do mais alto nível, até chegar nos graus de maior subordinação. Diretores, dirigentes, gerentes, chefes, supervisores e os profissionais da área de segurança possuem a maior parte dos meios para realização das ações necessárias e devem estar suficientemente envolvidas, contagiando assim as demais pessoas.

[...] Através do Estudo de Caso realizado na Empresa General Electric, pode-se mostrar é possível e benéfico adotar um programa bem planejado e estruturado em Segurança e Saúde, não só com o objetivo de atendimento à legislação, mas também, focando em um ambiente de trabalho seguro, confortável e prazeroso para os funcionários, pois conforto e saúde no trabalho são certamente fatores de produtividade e motivação e tanto a empresa quanto funcionários são beneficiados com o programa. REFERÊNCIAS SOTO, Dr. Eduardo. Comportamento Organizacional. [...]


[...] A causa de um acidente de trabalho pode ser natural ou por falta de medidas de proteção e segundo o artigo 132 do Código Penal Brasileiro, neste último caso o empregador pode ser punido com três meses a um ano de detenção. O grau de responsabilidade do empregador é relativo e é avaliado como é administrado o treinamento de funcionários, o uso correto de equipamentos de segurança, a realização de exames médicos periódicos, o acompanhamento dos serviços realizados, a implantação do Plano de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), entre outros, portanto, a punição depende da situação e do tipo de acidente. [...]


[...] Tabela 1 - 21 Elementos do Plano de Trabalho da Empresa General Eletric Elemento do Plano de Descrição Trabalho de Saúde e Segurança Segurança da Unidade providencias apropriadas que a unidade toma para prevenir acidentes e doenças ocupacionais no local de trabalho, e para disponibilizar um ambiente de trabalho seguro e saudável para os empregados. Segurança e Avaliação de saúde e segurança em todos os níveis de Desempenho organizacionais e medição de desempenho em relação a elas. Cumprimento da que a unidade/operação trata de forma Legislação adequada todos os riscos operacionais e atende sempre a todas as normas aplicáveis. [...]

Mais Vendidos administração

Administração de Suprimentos e Logística

 Administração e marketing   |  Administração   |  Projeto   |  30/08/2006   |  BR   |   .doc   |   13 páginas

A importância dos níveis hierárquicos na organização

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo de caso   |  19/09/2007   |  BR   |   .ppt   |   12 páginas

Últimos trabalhos administração

Relação do Estado das Estradas e a Qualidade da Maçã

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  11/06/2013   |  BR   |   .doc   |   18 páginas

Produção e Gestão da Serraria

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  16/08/2012   |  BR   |   .doc   |   35 páginas