Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Estrangeirismo: um estudo de caso

Informações sobre o autor

Consultoria - Consultoria - Gerência de Recursos Humanos
Nível
Especializado
Estudo seguido
Mestrado...

Informações do trabalho

Marta O.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
pesquisa de mercado
Número de páginas
33 páginas
Nível
Especializado
Consultado
245 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Quadro teórico
    1. Neologismo
    2. Estrangeirismo
  3. Construção da análise
    1. Fotografia 1
    2. Fotografia 2 - sites
    3. Fotografia 3 ? loja queen
    4. Fotografia 4 ? clube de boliche no catuaí
    5. Fotografia 7 ? mario's dog
    6. Fotografia 8 ? residencial princess
    7. Fotografia 9 - lanchonete
    8. Fotografia 10 - loja de roupas infantis
    9. Projeto de lei n 1676, de 1999

Este estudo trata-se de um levantamento dos neologismos com enfoque em estrangeirismo, encontrados em placas de identificação de estabelecimentos comerciais nas cidades de Londrina ? Pr., e Balneário de Camburiú ? SC. Procurou-se respaldo teórico sobre Estatística da Língua Portuguesa e Neologismo. A importância deste é que o falar de um povo influencia decisivamente no desenvolvimento da língua, atuando para as mudanças no léxico. Encontramos situações de empréstimo lingüístico, inserção e outras formas, mostrando que seja por finalidade social, comercial ou cultura, o estrangeirismo é utilizado amplamente e muitas vezes sem coerência ou sentido, apenas pelo modismo. O que pode-se notar é que existe uma forte tendência para adotar e assimilar o estrangeirismo, deixando de lado o português legítimo estabelecendo os valores de capital lingüístico das formas associadas a repertórios externos à comunidade. Existe uma avalanche de anglicismo. Mas como existe aqui um processo de abertura de barreiras oriundas da globalização torna-se quase impossível a sua contenção. O povo fala o que quer, sem analisar seus fundamentos culturais.

[...] 2º Ao Poder Público, com a colaboração da comunidade, no intuito de promover, proteger e defender a língua portuguesa, incumbe: melhorar as condições de ensino e de aprendizagem da língua portuguesa em todos os graus, níveis e modalidades da educação nacional; II- incentivar o estudo e a pesquisa sobre os modos normativos e populares de expressão oral e escrita do povo brasileiro; III- realizar campanhas e certames educativos sobre o uso da língua portuguesa, destinados a estudantes, professores e cidadãos em geral; IV- incentivar a difusão do idioma português, dentro e fora do País; fomentar a participação do Brasil na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa; VI- atualizar, com base em parecer da Academia Brasileira de Letras, as normas do Formulário Ortográfico, com vistas ao aportuguesamento e à inclusão de vocábulos de origem estrangeira no Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa 1º Os meios de comunicação de massa e as instituições de ensino deverão, na forma desta lei, participar ativamente da realização prática dos objetivos listados nos incisos anteriores. [...]


[...] Muitas vezes até mesmo sem uma coerência de finalidade, subestimando a população, como é o caso de lojas que colocam apenas um nome em inglês, solto sem vinculá-lo ao seu produto, apenas por ser palavra estrangeira?. Existem outros que aproveitam palavras que já foram tomadas por empréstimos e que estão sendo longamente utilizadas, ou ainda aquelas que já integram através da inserção aos nossos dicionários. Nem sempre o emissor da palavra estrangeira está cônscio do caráter neológico desta forma não-vernácula. [...]


[...] Em geral, um intelectual da área de Ciências Humanas e Sociais no Brasil não inclui a questão da língua como uma de suas questões críticas paradoxalmente, quando falada língua, apenas se faz porta-voz das matrizes discursivas do senso comum Outras considerações e fatos A questão é que esse tal estrangeirismo, mais que uma nova forma democrática e antietnocêntrica de enxergar o mundo, tem causado muita polêmica em solo tupiniquim. Tanto, que gerou um projeto de lei que, se aprovado pelo plenário da Câmara dos Deputados, proíbe escrever e até falar palavras estrangeiras. [...]

Mais Vendidos administração

Administração de Suprimentos e Logística

 Administração e marketing   |  Administração   |  Projeto   |  30/08/2006   |  BR   |   .doc   |   13 páginas

A importância dos níveis hierárquicos na organização

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo de caso   |  19/09/2007   |  BR   |   .ppt   |   12 páginas

Últimos trabalhos administração

Relação do Estado das Estradas e a Qualidade da Maçã

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  11/06/2013   |  BR   |   .doc   |   18 páginas

Produção e Gestão da Serraria

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  16/08/2012   |  BR   |   .doc   |   35 páginas