Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

As informações fundamentais para o sucesso dos pequenos empreendimentos

Informações sobre o autor

Consultoria - Consultoria - Gerência de Recursos Humanos
Nível
Especializado
Estudo seguido
Mestrado...

Informações do trabalho

Marta O.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
54 páginas
Nível
Especializado
Consultado
2 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Análise das demonstrações financeiras
    1. Um breve histórico
    2. Indicadores financeiros e econômicos
    3. Entendendo os demonstrativos financeiros
    4. Demonstrativo de resultados
    5. Regime de competência versus regime de caixa
    6. Patrimônio líquido
  3. Contexto legal e fiscal da empresa e fluxo de caixa
    1. Contexto legal e fiscal da empresa
    2. Fluxos de caixa da empresa
    3. Conceitos
    4. Estimando fluxo de caixa da empresa
    5. Objetivos
    6. Histórico
    7. Fluxos de caixa da empresa
    8. Exemplos
  4. Metodologia
    1. Método de coleta de dados
    2. Definição das perguntas da pesquisa
    3. Delimitação do estudo
  5. Estudo de caso
    1. Característica
    2. Histórico da empresa
    3. Organograma geral
    4. Organograma específico de vendas
    5. Fluxograma operacional ? veículos
    6. Fluxograma operacional ? peças
    7. Fluxograma operacional ? serviços

Para que uma empresa possa saber o quanto irá ganhar com determinado produto ou serviço é preciso que faça primeiramente um orçamento, uma previsão dos gastos com produção, com tudo o que implica, desde a mão-de-obra, matéria-prima, desgaste e manutenção de máquinas, impostos e tributos, tempo, imprevistos, etc,

Também é preciso que ela saiba o que pode dispor em termos financeiro, a forma e tempo disponível para gastá-lo além de que deve ter o cuidado para não extrapolar as previsões e caso aconteça que ela saiba como contornar ou resolver os problemas. O orçamento também serve como um cartão de visita da empresa no caso de negociações, pois através do orçamento de resultados um "propenso" comprador pode analisar a situação da empresa.

Existem diversos tipos de orçamentos, sendo que neste estudo vamos nos ater ao orçamento empresarial, enfocando principalmente os de resultados, considerando já visto os demais orçamentos.

Conforme explica LEITE(1996,p.26),

"um sistema orçamentário global é um conjunto de planos e políticas que, formalmente estabelecidos e expressos em resultados financeiros, permite à administração conhecer, a priori, os resultados operacionais da empresa e, em seguida, executar os acompanhamentos necessários para que esses resultados sejam alcançados e os possíveis desvios sejam analisados, avaliados e corrigidos".

A economia mundial vem convivendo com sucessivas transformações desde o período pós guerra com o desenvolvimento técnico produtivo (leia-se avanço tecnológico), que estão conduzindo a um sistema econômico globalizado, onde a riqueza segundo WALTER, VIANNA e BRAGA(1989,p.38), financeirizada, apresenta crescimento sem precedentes no fluxo do comércio mundial e na parte organizacional e gerencial, resultando na emersão de grandes empresas capitalistas multi-departamentais.

Pode-se dizer que a aparição das bolsas de valores e mercado de ações bem como os derivativos nos mercados internacionais e doméstico de capitais, tem a função de formar circuitos de capital específicos sob a forma financeira, onde os níveis de especulação e os riscos fazem parte da rotina expansionista das finanças globais.

A economia moderna cria instrumentos rapidamente, o que faz com que os economistas e futuros economistas e pessoas ligadas à economia tenham que se reciclar sempre de forma a manter-se a par das novas mudanças e sua sistematização.

Em função do balanço ser pouco analítico e representar uma situação estanque, isto é, uma espécie de fotografia da empresa em determinado momento, não consegue mostrar, sem análise, como se chegou a esta fotografia. Na maioria das vezes, principalmente os pequenos comerciantes, só vêem este documento quando é para apresentá-lo ao banco para elaboração de ficha de cadastro. Quando muito limitam-se à linha do lucro ou prejuízo, mas sem nenhuma noção de como e o que representa tal resultado.

Diante desta constatação, o objetivo deste estudo é tornar o balanço um instrumento prático, que mostre ao empresário não apenas os números do seu negócio, e sim, a trajetória que o levou a ter tais números, para que possa ter uma visão realista de como suas atitudes e política empresarial vêm contribuindo para o desempenho do mesmo.

[...] A análise das Demonstrações Financeiras desenvolve-se ainda mais com o surgimento dos Bancos Governamentais bastante interessados na situação econômico-financeira das empresas tomadoras de financiamentos As Demonstrações Financeiras Suscetíveis de Análise de Reparação DOMADRAN (1997,p.53), explica que indubitavelmente todas as Demonstrações Financeiras devem ser analisadas: - Balanço Patrimonial - Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) - Demonstração de Origens e Aplicação de Resultados (DOAR) - Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados (ou Mutações do PL) Mais ênfase é dada para as duas primeiras demonstrações, uma vez que através delas é evidenciada de forma objetiva a situação financeira (identificada no BP) e a situação Econômica (identificada no BP em conjunto, na DRE). [...]


[...] Existem dois tipos básicos de demonstrações financeiras sendo: demonstrações gerenciais que é mais para o uso interno, e as demonstrações contábeis cujo objetivo é a divulgação externa. Viu-se através deste estudo que são através de demonstrativos, elaborados fora do âmbito da Contabilidade, tais como: controle de entrada e saída de caixa e bancos, entradas e baixa do estoque, movimentação de contas patrimoniais, que as demonstrações contábeis, são regularizadas por lei e portanto devem seguir normas e padrões estabelecidos. Existem outros instrumentos fora os balanços tais como as análises horizontais, verticais e a avaliação dos índices financeiros que podem ser comparados com os índices-padrão do ramo de negócio da empresa ou, de como os índices-padrão do setor de atividades a que pertence e vão ajudar a gerência a levantar os seus dados. [...]


[...] Julgamos desnecessário apresentar exemplos mais numerosos de representação gráfica, pois entendendo o exemplo apresentado, o leitor será capaz de elaborar uma série deles, de acordo com as peculiaridades de cada empresa Entendendo os Demonstrativos Financeiros De acordo com DAMODARAN (1997, p.87) muitas das informações utilizadas em avaliação e em finanças corporativas provêm dos demonstrativos financeiros. Torna-se portanto, necessária uma compreensão dos demonstrativos financeiros básicos e de alguns dos índices financeiros utilizados em análise, como primeiro passo para qualquer um dos dois objetivos. [...]

mais Pontuados contabilidade

Empresas de Serviços Contábeis: Estrutura e Funcionamento

 Administração e marketing   |  Contabilidade   |  Estudo   |  24/03/2011   |  BR   |   .doc   |   59 páginas

Últimos trabalhos contabilidade

Empresas de Serviços Contábeis: Estrutura e Funcionamento

 Administração e marketing   |  Contabilidade   |  Estudo   |  24/03/2011   |  BR   |   .doc   |   59 páginas

Consultoria contábil : uma nova perspectiva da profissão contábil

 Administração e marketing   |  Contabilidade   |  Estudo   |  26/12/2009   |  BR   |   .doc   |   18 páginas