Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Cimento Portland

Informações sobre o autor

autônoma
Nível
Especializado
Estudo seguido
Letras

Informações do trabalho

Montserrat C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
pesquisa de mercado
Número de páginas
15 páginas
Nível
Especializado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Histórico da origem do cimento
    1. Constituintes do cimento prtland
    2. Propriedades físicas do cimento portland
    3. Propriedades qímicas
    4. Classificação do cimento no Brasil
    5. Fabricação
    6. Armazenamento
  3. A cp ari rs, cimento portland
    1. Composição do CP V ?ARI
    2. Tipos de construções que se usa o cimento CP V ?ARI

A pesquisa aqui apresentada tem como o assunto específico o cimento Portland CP V ARI - (Alta Resistência Inicial - NBR 5733), que é um material com propriedades adesivas, usado na construção civil.
De acordo com a atualidade, sabe-se que hoje o mercado de construção civil conta com diversos tipos de cimentos. Podem classificar-se em: Cimento Portland Comum (CP I); CP I - Cimento Portland Comum; CP I-S - Cimento Portland Comum com Adição; Cimento Portland Composto (CP II);CP II-E; Cimento Portland Composto com Escória; CP II-Z - Cimento Portland Composto com Pozolana; CP II-F - Cimento Portland Composto com Fíler etc.
Verificar-se-á que os tipos de cimento se diferenciam de acordo com a proporção de clínquer e sulfatos de cálcio, material carbonático e de adições, tais como escórias, pozolanas e calcário, acrescentadas no processo de moagem. Podem diferir também em função de propriedades intrínsecas, como alta resistência inicial, a cor branca etc.
A pesquisa aqui está titulada como: ?O histórico e a evolução do cimento desde seu surgimento e sua evolução?.
O cimento Portland desencadeou uma verdadeira revolução na construção, pelo conjunto inédito de suas propriedades de moldabilidade, hidraulicidade (endurecer tanto na presença do ar como da água), elevadas resistências aos esforços e por ser obtido a partir de matérias-primas relativamente abundantes e disponíveis na natureza.
O material aqui apresentado estará fundamentando numa breve história do cimento desde seu surgimento até os dias de hoje e as transformações que ocorreram mediante as novas tecnologias que a cada dia tem proporcionado, um estudo mais aprofundado na composição química do cimento e com isso um aperfeiçoamento na qualidade do produto.

[...] Aquele produto estava longe do cimento Portland que atualmente se conhece. O desenvolvimento dos vários tipos de cimento, com o uso de adições como escórias e pozolanas, acabou unindo o útil ao agradável. Além de melhorar certas características do material, tais como a impermeabilidade, diminuição da porosidade capilar, maior resistência a sulfatos e redução do calor de hidratação, as adições contribuíram para diminuir o consumo de energia durante o processo de fabricação e para aproveitar subprodutos poluidores, como as escórias de alto-forno e as cinzas volantes, por exemplo. [...]


[...] As determinações da qualidade e da quantidade das matérias-primas que vão constituir os diversos tipos de cimento portland não podem ser feitas atendendo simplesmente à vontade unilateral de um produtor ou de um consumidor. No país, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) prepara e divulga normas técnicas que são usadas no mercado como padrão de referência. As normas técnicas definem não somente as características e propriedades mínimas que os cimentos portland devem apresentar como, também, os métodos de ensaio empregados para verificar se esses cimentos atendem às exigências das respectivas normas. [...]


[...] O cimento Portland é produzido em instalações industriais de grande porte, localizadas junto às jazidas. O condicionamento econômico do empreendimento, combinado com a natureza das jazidas disponíveis, determina os materiais que podem ser utilizados na sua manufatura. Entre os materiais calcários utilizados encontra-se o calcário propriamente dito, conchas de origem marinha etc. Entre os materiais argilosos encontram-se a argila, xistos, ardósia e escórias de alto-forno. A fabricação do cimento Portland comporta seis operações principais, a saber: extração da matéria-prima; britagem; moedura e mistura; queima; moedura do clínquer; expedição. [...]

Últimos trabalhos estratégia

Melhoria do Processo Produtivo do Elevador para Cadeirantes na Empresa Busscar Ônibus S.A.

 Administração e marketing   |  Estratégia   |  Estudo   |  05/09/2012   |  BR   |   .doc   |   9 páginas

Relatório de estágio na área de planejamento em uma multinacional

 Administração e marketing   |  Estratégia   |  Estudo   |  01/01/2010   |  BR   |   .doc   |   25 páginas