Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Ferramentas de diferenciação de produtos

Informações sobre o autor

Gerente Administrativo
Nível
Especializado
Estudo seguido
Bacharel em...

Informações do trabalho

PATRÍCIA M.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
pesquisa de mercado
Número de páginas
6 páginas
Nível
Especializado
Consultado
163 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Referencial teórico

1 INTRODUÇÃO

Como é evidente, a concorrência acirrada faz com que empresas procurem cada vez mais a diferenciação de suas ofertas. Diferenciando e inovando é que atraem clientes e isso resulta em bons ganhos para a organização.
Empresas precisam constantemente diferenciar. Algumas têm sucesso e acabam atraindo, assim, concorrentes que procurarão imitar, mas isso não impede de uma empresa líder estar sempre à frente, desde que seja criativa e inovadora.
Este estudo procura evidenciar uma ferramenta de diferenciação que é chamada de diferenciação de produto.

2 REFERENCIAL TEÓRICO

Existem produtos que oferecem alto grau de diferenciação, como carros, edifícios e móveis, outros, pouco ou nenhum, como a aspirina, o aço e o frango. Essa variação acontece em relação ao potencial oferecido para a diferenciação.
No caso de produtos que permitam alto grau de diferenciação, as empresas têm uma variedade de parâmetros a sua escolha, como as características do produto, desempenho, durabilidade e confiabilidade, facilidade de reparo e sua forma, estilo e design.
Como afirma Kotler, (2002) ?Os produtos tangíveis variam em relação a seu potencial para diferenciação?.

[...] Portanto, clientes preferem pagar mais por produtos que apresentem alta durabilidade comprovada. durabilidade, uma mensuração da vida operacional esperada do produto sob condições naturais excepcionais, é um atributo valioso para determinados produtos.? (KOTLER, 2002). De acordo com sua confiabilidade: produtos confiáveis são produtos que não apresentam falhas em seu funcionamento ao longo do tempo. A empresa pode, portanto, diferenciar seus produtos de acordo com a confiabilidade oferecida aos clientes. consumidores normalmente pagam um preço premium por produtos mais confiáveis.? (KOTLER, 2002). [...]


[...] Quanto ao desempenho: os produtos podem estar entre quatro níveis de desempenho sendo baixo, médio, alto e superior. Produtos a qual as características básicas possuem qualidade em seu desempenho podem aumentar o retorno sobre o investimento. Segundo Kotler (2002) ?Unidades de negócios de alta qualidade de produto ganhavam mais porque sua qualidade premium permitia que cobrassem um preço premium; elas colhiam os benefícios de um maior numero de comprar regulares, da fidelidade do cliente e da propaganda boca a boca positiva e seu custos não eram mais altos do que os das unidades de negócios que produziam produtos de qualidade inferior.?. [...]

Estes documentos podem interessar a você

A importância do marketing de relacionamento no varejo

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  28/06/2007   |  BR   |   .doc   |   9 páginas

Mais Vendidos marketing

Projeto integrado multidisciplinar - Cosmos Cosméticos S/A

 Administração e marketing   |  Marketing   |  Estudo de caso   |  15/12/2008   |  BR   |   .doc   |   24 páginas

Os desafios da produção na atualidade

 Administração e marketing   |  Marketing   |  Estudo   |  15/02/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas