Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Pesquisa de mercado: loja de conveniência de produtos naturais

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
marketing
Faculdade
facha

Informações do trabalho

Jennifer G.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
pesquisa de mercado
Número de páginas
26 páginas
Nível
Para todos
Consultado
4 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Como lançar um produto/ serviço no mercado?
  2. Composto de marketing
  3. Segmentação e posicionamento

É indispensável fazer pesquisa de mercado para lançar um produto.
O caminho para uma empresa colocar um novo produto no mercado não é tão curto quanto se pode imaginar. Neste processo, mais do que saber o que será produzido e como produzir, é necessário saber para quem vamos fazê-lo. As pesquisas de mercado, desta forma, são tão importantes quanto à definição da matéria-prima, do design, da embalagem, dos canais de distribuição e da estratégia de comunicação que pretendemos adotar. Portanto, nada mais apropriado e, por que não dizer, justo, do que ouvir a palavra de quem é o nosso principal foco: o consumidor.
Pesquisa de mercado é uma ferramenta primordial para qualquer empresa conseguir acertar no lançamento de um produto ou de um serviço. As empresas inteligentes trabalham para atender às necessidades do consumidor e, para isso, é preciso que se saiba o que ele quer com exatidão.
A opinião do consumidor é o melhor argumento para levar adiante um projeto e, sem querer fazer propaganda barata, acredito que, hoje, as metodologias usadas pelos institutos de pesquisa no Brasil são absolutamente eficazes.
Tanto é que, segundo consta, em 100% dos casos de produtos que foram testados de forma adequada, seja para produção, para a adequação de público ou a definição do processo ideal de distribuição, a chance de haver impactos negativos sobre a aceitação do público-alvo é reduzida.
É claro que as pesquisas não dizem o que temos que fazer, mas elas apontam o caminho de menor risco que devemos seguir para que possamos evitar deslizes e fracassos na trajetória.
É fato que as pesquisas de mercado reduzem significativamente o risco de qualquer negócio, seja a criação de uma nova empresa ou o lançamento de um produto ou serviço. Teoricamente, toda vez que uma empresa, especialmente as de pequenos e médios portes, lança um novo produto no mercado, deveria fazer um estudo de viabilidade com base em pesquisas de mercado. Mas, na prática, não é bem assim.
Pesquisas boas, abrangentes e feitas por instituições renomadas são caras e, não é necessário que sejam feitas a cada lançamento de produto, especialmente se for um produto de uma mesma família que outro já disponível na praça. Neste caso, o empreendedor pode se valer de uma estratégia que eu chamo de FDD, ou "Feeling do Dono".
Normalmente, o dono e os sócios de uma pequena ou média empresa conhecem o mercado em que atuam; já passaram por uma série de situações em que puderam fazer pesquisas diretamente com o consumidor, "in loco". É a vivência.
Não estamos dizendo que pesquisas de mercado são dispensáveis. Mas, se você tem em mãos uma pesquisa apurada e não conhece o mercado no qual sua empresa atua, pode incorrer em erros tão graves quanto os cometidos por aqueles que jamais contrataram uma pesquisa, para o que quer que seja. Daí a importância da intuição do empreendedor, aliada, claro, à razão.
É dessa vivência, desse feeling, que geralmente se valem as pequenas e médias empresas para lançar novos produtos ou serviços no mercado. Pesquisa, como disse, não são baratas e temos que fazer malabarismos para sobreviver num mercado onde a competição é acirrada e os custos têm que ser cada vez mais enxutos

[...] Também cabem à mídia, após a seleção dos veículos mais acertados, as tarefas de execução, negociando e comprando espaços, autorizando as veiculações e fazendo seu controle Objetivo da mídia Atingir o público-alvo na cidade do Rio de Janeiro, utilizando os meios de comunicação adequados, fazendo uma campanha de impacto para lançamento da Loja de conveniências de Produtos Naturais Pesquisa sobre lembrança sobre mídia Estratégia de mídia Outdoor A tradução literal da expressão inglesa ?Outdoor? seria lado de fora da porta?. [...]


[...] As principais variáveis intervenientes na segmentação de mercados globais, conforme SIMPSON são os fatores econômicos, identificáveis pelo estágio de desenvolvimento econômico do país; fatores político/legais, que são determinados pela forma de governo e pelos governantes de cada país e culturais, que abordam crenças, valores, hábitos e necessidades de cada povo. Com isso constatamos a necessidade da criação da Loja de Conveniências de Produtos Naturais. Para se começar um negócio é necessário primeiramente, não importa qual o ramo e sim algo que faço a diferença com base nisso constatamos a insatisfação do público consumidor frente às demoradas operações de [...]


[...] As principais variáveis intervenientes na segmentação de mercados globais, conforme SIMPSON, são os fatores econômicos, identificáveis pelo estágio de desenvolvimento econômico do país; fatores político/legais, que são determinados pela forma de governo e pelos governantes de cada país e culturais, que abordam crenças, valores, hábitos e necessidades de cada povo Teoria Para se começar um negócio é necessário primeiramente, não importa qual o ramo e sim algo que faço a diferença com base nisso constatamos a insatisfação do público consumidor frente às demoradas operações de vendas e aos horários bastante restritos do comércio, surgi aí a Loja de Conveniência de Produtos Naturais. [...]

Mais Vendidos marketing

Projeto integrado multidisciplinar - Cosmos Cosméticos S/A

 Administração e marketing   |  Marketing   |  Estudo de caso   |  15/12/2008   |  BR   |   .doc   |   24 páginas

Os desafios da produção na atualidade

 Administração e marketing   |  Marketing   |  Estudo   |  15/02/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Últimos trabalhos marketing

O PlanejamentoTributário

 Administração e marketing   |  Marketing   |  Estudo   |  12/12/2012   |  BR   |   .doc   |   26 páginas

Ações Prejudiciais a Execução

 Administração e marketing   |  Marketing   |  Estudo   |  09/12/2012   |  BR   |   .doc   |   14 páginas