Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Inteligência e capacidade

Informações sobre o autor

autônoma
Nível
Especializado
Estudo seguido
Letras

Informações do trabalho

Montserrat C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
dissertação
Número de páginas
8 páginas
Nível
Especializado
Consultado
256 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Inteligência Emocional
    1. O que é inteligência
    2. Uma forma prática de estudo
    3. ?Inteligência? Por Definição
    4. Inteligência e idade
    5. A Curva do Desenvolvimento
    6. Idade Mental
    7. Padronização dos Testes de Inteligência
    8. Q.I. de Adultos
    9. Como distinguir as inteligências
  3. Conclusão
  4. Bibliografia


Uma das primeiras coisas que se tornam aparentes, quando voltamos nossa atenção para o homem total, é que ele se manifesta numa variedade infinita. Nunca houve uma pessoa exatamente como você, e nunca existirá tal pessoa. E um dos principais fatores que distinguem você do seu vizinho é que os seus processos de percepção, motivação e aprendizagem se organizam configurações únicas de capacidade: inteligência, habilidades, dons, aptidões.
Esta configuração e essa síntese ajudam a fazer de você o João Silva, a Maria Petrone, ou o Moisés Cohen, e não apenas o Sr. Fulano.
O estudo das capacidades do homem tem estado intimamente ligado aos testes de inteligência. Literalmente milhões de pessoas, de diferentes idades, diferentes grupos econômicos, diferentes culturas, nacionalidades e raças, foram submetidas a testes de inteligência de um tipo ou de outro.

[...] maior do que 100 indicará uma criança de algum modo superior, e um Q.I. menor do que 100 indicará uma criança com inteligência um pouco abaixo da média Padronização dos Testes de Inteligência Mas todas as afirmações acima são relativas ao grupo no qual o teste foi padronizado. Paras poder dizer que a criança de 10 anos de idade pode resolver certos itens, precisamos, naturalmente, ter testado, anteriormente uma amostra representativa de toda a população de crianças de 10 anos de idade. [...]


[...] Algumas pessoas a definem como capacidade para adaptar?se a novas circunstâncias; outras, como capacidade de aprender; outras como capacidade para lidar com material complexo e abstrato. Diferentes psicólogos defenderam essas outras) definições de inteligência, e muitas pesquisas se referiram a essas questões. Entretanto, nenhuma pesquisa teve como resultado uma definição clara de inteligência. Por isso, muitos psicólogos, atualmente, chegaram a não mais perguntar que é inteligência?? Decidiram que podem fazer um trabalho útil se medirem a inteligência sem defini-la. Nesse caso, fazem o que os físicos antigos fizeram ao estudar o calor. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Inteligência competitiva

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  27/11/2006   |  BR   |   .doc   |   73 páginas

As inteligências múltiplas e o Proeja

 Sociedade   |  Educação   |  Monografia   |  07/08/2007   |  BR   |   .doc   |   31 páginas

Últimos trabalhos recursos humanos

Administração de cargos : análise de cargos em um ambiente em mudança

 Administração e marketing   |  Recursos humanos   |  Estudo   |  30/01/2010   |  BR   |   .ppt   |   28 páginas

Relações interpessoais na formação de times de trabalho

 Administração e marketing   |  Recursos humanos   |  Estudo   |  03/01/2010   |  BR   |   .ppt   |   30 páginas