Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

A coragem de mudar

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
administração
Faculdade
ucg

Informações do trabalho

Bruna C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
15 páginas
Nível
avançado
Consultado
547 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. A coragem de mudar

Nossos melhores momentos, os mais criativos, são também os momentos mais felizes. Nos sabemos criá-los, sabemos fazer com que durem bastante, sabemos como partilhar esses momentos. No entanto, pelo fato de vivermos uma vida fragmentada, em geral nós aceitamos esses momentos somente em algumas circunstâncias muito raras, especialmente reservadas. Na maior parte do tempo, estamos ocupados demais para sermos criativos.
Na maioria das empresas e instituições públicas as normas e a rotina também desfavorecem a iniciativa criadora. Em geral, o que se prioriza é a definição de métodos e processos sobre os quais o trabalho possa se fazer de uma forma contínua, para que os custos sejam sempre os mais baixos possíveis. A inovação é vista quase sempre como uma ameaça à rotina que está dando certo e as oportunidades para mudanças de paradigmas quase sempre são perdidas. Quando surge a necessidade de invenção, a corporação se mostra apática e desestimulada.
A imaginação é quase sempre deixada para os momentos de entretenimento. Por isso, nos habituamos à idéia de que esse estado de espírito não é compatível com atividades "sérias" como estudar ou trabalhar. Ou seja, deixamos de fora nossa melhor ferramenta justamente quando precisamos de comprometimento, eficiência, bem-estar e produtividade. Se alguém perguntar ao diretor de uma escola ou gestor de uma empresa se ele gostaria que seus alunos ou funcionários trabalhassem em condições de alegria e bem estar, eles formalmente responderiam que sim, mas são raros os que vêem a relação entre esse estado e um ambiente que estimule a criatividade e a imaginação, tornando-se assim um ambiente com Qualidade.
Assim, partiremos da premissa de que, para nos mantermos no mercado com possibilidade de competição e agregação de valor, precisaremos não só de investimentos nos produtos de nossa empresa, como precisaremos principalmente de investimentos no setor humano, motivando e estimulando nosso corpo produtivo, para então nos tornarmos uma organização de Qualidade. Assim como diz Moraes: "A Qualidade humana é à base de todas as outras Qualidades, especialmente a empresarial. Não se faz uma empresa 100% com pessoas 50%."

[...] A questão é identificar os meios pelos quais seguiremos os níveis ideais de nosso desempenho e o quanto conseguiremos chegar perto desse ideal. Moller nos responde obviamente: melhor maneira de você se aproximar de sua performance ideal de desempenho é trabalhar fortemente o seu nível atual de desempenho". Mas para trabalharmos nosso desempenho atual, e aplicarmos Kaizen à nossa vida, precisamos como providência inicial, colocarmos nossos objetivos no papel, pois são eles os que obtêm o maior número de resultados. [...]


[...] E toda a pessoa que faz mais do que aquilo para o qual é paga receberá da vida mais do que deveria." Esta é à base da gestão participativa, a base de um sistema de comunhão entre as pessoas. Mantenha então a ética e uma postura de integridade. Que nada mais é do que fazer aos outros aquilo que você próprio gostaria de receber. A ética e a integridade dependem diretamente de nossa condição de escolher o que desejamos ser. [...]


[...] Pois, as pessoas raramente compram com lógica, mas ficam sensibilizadas pela emoção. Isso é particularmente importante em sociedades fortemente consumistas como a brasileira. Quanto menor a diferença entre os concorrentes mais ênfase deve ser dada à emoção. Finalmente o homem de vendas eficiente, demonstra interesse pelo cliente e faz um esforço sincero para ver o mundo através de seus olhos. Sendo uma pessoa tranqüila e natural. CONCLUSÃO Finalizando este breve relato sobre a coragem que precisamos para mudar no campo pessoal e principalmente no campo [...]

Estes documentos podem interessar a você

Resumo do livro "Ética e responsabilidade social nas empresas"

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  03/09/2008   |  BR   |   .doc   |   9 páginas

Últimos trabalhos recursos humanos

Administração de cargos : análise de cargos em um ambiente em mudança

 Administração e marketing   |  Recursos humanos   |  Estudo   |  30/01/2010   |  BR   |   .ppt   |   28 páginas

Relações interpessoais na formação de times de trabalho

 Administração e marketing   |  Recursos humanos   |  Estudo   |  03/01/2010   |  BR   |   .ppt   |   30 páginas