Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Soluções de remuneração que atendam as novas necessidades de organização do trabalho nas empresas

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
marketing
Faculdade
Faculdade...

Informações do trabalho

Vivian M.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
27 páginas
Nível
Para todos
Consultado
4 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. O mundo mudou... As empresas mudaram
  2. Sistemas tradicionais e remuneração estratégica
  3. Remuneração funcional: o salário baseado no cargo
  4. Remuneração por habilidade um contrato de desenvolvimento contínuo
  5. Salário indireto: dos pacotes de benefícios aos planos flexíveis
  6. Remuneração por resultados e participação nos lucros: as alternativas de remuneração variável
  7. Participação acionária: reforçando o compromisso entre empresa e funcionário
  8. Alternativas criativas: usando a imaginação
  9. Seis passos para a construção de um sistema de remuneração estratégica

Do início da era industrial até a década de 60 as organizações buscaram estruturas cada vez mais complexas e estruturadas, definindo o ápice da organização burocrática e de seus mecanismos de gestão. Este modelo está chegando ao esgotamento.

A primeira conseqüência é que as organizações estão sendo obrigadas a lidar com a mudança de formas totalmente nova, onde a palavra chave é flexibilidade. E a segunda conseqüência, derivada da primeira, é a falência de conceito industrial de trabalho e remuneração.

Todas as mudanças no mundo das organizações têm reflexos no trabalho. Conceitos burocráticos convencionais tendem a ser cada vez mais postos em dúvida.

O preceito burocrático de hierarquia rígida, destoa de uma realidade em que computadores estão tirando informações das mãos da média gerência, para colocá-la nas mãos de quem executa; em que decisões são delegadas; em que ocorre um achatamento da hierarquia.

A rígida divisão funcional do trabalho e responsabilidades técnicas, também se torna destoante em um contexto caracterizado por uma mão-de-obra mais instruída.

Após as mudanças no ambiente dos negócios, muitas organizações demoram a adaptar seus modelos administrativos às novas realidades. E isso parece não funcionar.

Por exemplo é cada vez mais crucial que as organizações atraiam e retenham pessoas com alta capacidade de aprendizagem, em vez de indivíduos com ampla experiência. A maneira de remunerar esse tipo de funcionário também deve mudar.

[...] Human Behavior at work 8º Edição McGraw Hill DRUCKER, Peter, As Novas Realidades: no governo e na política, na economia e nas empresas, na sociedade e na visão de mundo. 2º Edição São Paulo: Pioneira DRUCKER, Peter. Sociedade Pós-capitalista: 2º Edição São Paul, Pioneira HAMMER, Michael, CHAMPY, James. Reengineering the corporation: a manifesto business revolution. New York: Harper Collins MORGAN, G Imagens da organização: Editora Atlas, São Paulo WOOD. JR.,T. PICARELLI, V.F. Remuneração estratégica: a nova vantagem competitiva. Editora Atlas, São Paulo WOOD. [...]


[...] É neste novo contexto que as diversas formas de remuneração variável ganharam força, sendo: ( Desempenho Individual ( Incentivos Prêmios ( Desempenho da Equipe ( Remuneração por resultados Prêmios pelo desempenho da equipe ( Desempenho da Organização ( Participação nos lucros Objetivos da remuneração variável Alinhar e convergir esforços para melhorar o desempenho, podendo ser desdobrado em: vincular o desempenho e a recompensa para incentivar a melhoria contínua; partilhar os bons e maus resultados da empresa; e transformar custos fixos em custos variáveis. [...]


[...] O que esperar do plano de participação acionária AS EXPECTATIVAS E CONDICIONANTES SÃO: MAIOR LIGAÇÃO ENTRE OS INTERESSES DO COLABORADOR, DOS ACIONISTAS E DA EMPRESA; FORTALECIMENTO DE SENSO DE IDENTIDADE DOS COLABORADORES COM A EMPRESA; E AUMENTO DO COMPROMETIMENTO DO FUNCIONÁRIO COM OS OBJETIVOS DA EMPRESA. Como definir o valor a ser distribuído A questão-chave a ser analisada para definir o valor a ser distribuído é o risco envolvido. No caso dos executivos que têm alto percentual da remuneração atrelado à valorização das ações, o risco é alto supostamente, o nível de compromisso também. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Remuneração estratégica - sistema de remuneração estratégica

 Administração e marketing   |  Recursos humanos   |  Dissertação   |  09/11/2008   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Últimos trabalhos recursos humanos

Administração de cargos : análise de cargos em um ambiente em mudança

 Administração e marketing   |  Recursos humanos   |  Estudo   |  30/01/2010   |  BR   |   .ppt   |   28 páginas

Relações interpessoais na formação de times de trabalho

 Administração e marketing   |  Recursos humanos   |  Estudo   |  03/01/2010   |  BR   |   .ppt   |   30 páginas