Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Linha Direta: uma análise detalhada do programa (pre-projeto)

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
mídia
Faculdade
ESTÁCIO DE...

Informações do trabalho

PAULA M.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
monografia
Número de páginas
13 páginas
Nível
Para todos
Consultado
215 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Construção do objeto
  2. Objetivos
  3. Justificativa
  4. Fundamentação teórica
  5. Procedimentos metodológicos

O programa Linha Direta tem como base da sua programação o conteúdo jornalístico e a apresentação de esquetes e simulações de crimes ocorridos de acordo com as denúncias feitas pelo Ministério Público. A pesquisa tem por objetivo debater sobre a estrutura do programa: roteiro, edição, sonorização e dramaturgia. Os telespectadores fazem uma leitura errada do programa a partir do momento em que acreditam ser um programa baseado em jornalismo investigativo. No trabalho vão ser apresentadas questões relevantes para o esclarecimento da estrutura e o propósito do programa, que tem como objetivo final o denuncismo e mesclam na programação dramaturgia e entretenimento.
O território a ser analisado no trabalho é o da emissão, onde será estudado por quem a mensagem é produzida, quais são as características, escolhas e redes de informação.

O programa Linha Direta surgiu no ano de 1999 e no seu formato inicial apresentava o conteúdo jornalístico com foco no apelo dramático, a espetacularização e até mesmo imagens sensacionalistas em esquetes e simulações nas edições. Quando o programa estreou na Rede Globo de televisão, havia a possibilidade de interpretação referente ao formato como modelo de programa voltado para o jornalismo investigativo. A pauta do programa é feita por repórteres, baseado em apurações jornalísticas, que é a linha inicial para desenvolver o roteiro do programa. Porém, há uma diferença das matérias veiculadas em telejornais, a favor da prestação de serviços para a sociedade e o conteúdo jornalístico abordado em programas que também têm como estrutura a dramatização e o entretenimento. Estes, aparentemente, não estão claros para todos os telespectadores que assistem ao programa

[...] (SEQUEIRA, 2005: p.36)[1] Ambas encaminham press-releases as redações e o papel do jornalista neste caso é acrescentar um lead ou uma cabeça a matéria e nada mais uma postura que não condiz coma do repórter investigativo. A falta de investigação é preocupante, pois há perda de sentido no intuito real do jornalista de trazer algo novo para o público. No Brasil o espaço reservado para a publicação e veiculação das reportagens jornalísticas de gênero investigativo é pequena em relação às matérias factuais e as quem tem outras abordagens que não seja só a de informar, como também de entreter e formar opinião. [...]


[...] É importante relatar sobre a diferença do conteúdo jornalístico abordado e apresentado no programa Linha Direta, nos telejornais e nos programas de entretenimento. O jornalismo investigativo é uma linha de apuração no qual o jornalista dedica grande parte do tempo a checar informações que sejam relevantes e contribuam para esclarecer situações que não tiveram desfecho ou são desconhecidas pelo público. Diferente dos modelos anteriores, os programas de entretenimento apresentam outra proposta. O intuito é divertir o público. Os profissionais da televisão brasileira apesar de ter um modo muito peculiar de produzir programas são influenciados por alguns formatos de programa americanos e também segue os moldes dos programas de rádio. [...]


[...] O programa de televisão Linha Direta abrange o conteúdo jornalístico e também tem na sua programação entretenimento e dramatização. Estas características geram, por conseguinte uma audiência elevada, que é conseqüente do grande número de telespectadores que assistem ao programa. O aspecto mais interessante é como o programa consegue abordar temas que a principio chocam o público pelas barbáries cometidas por supostos criminosos ao mesmo tempo, consegue acertar na fórmula do sucesso. Em suas linhas de ação, o programa aborda temas que geram polêmicas e levanta questões sobre misticismos, crenças, divergência de opiniões. [...]

Últimos trabalhos mídia

Meios de comunicação em massa: construindo por subjetividade

 Artes e mídia   |  Mídia   |  Estudo   |  12/12/2008   |  BR   |   .doc   |   4 páginas

A história do jornalismo impresso: análise do jornal Agora

 Artes e mídia   |  Mídia   |  Estudo   |  07/10/2008   |  BR   |   .doc   |   6 páginas