Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Autofagia e envelhecimento celular

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
universidad...

Informações do trabalho

Priscila D.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
dissertação
Número de páginas
11 páginas
Nível
avançado
Consultado
161 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Discussão
    1. Macroautofagia
    2. Microautofagia
    3. Autofagia chaperona-mediada

O processo de envelhecimento é caracterizado por uma deterioração pós-maturacional das células e organismos com o decorrer do tempo, uma elevada vulnerabilidade aos insultos e prevalência de doenças associadas a idade, e uma habilidade diminuída para a sobrevivência. As causas podem ser atribuídas a um aumento na produção de espécies reativas de oxigênio (ROS) e danos oxidativos, com um acúmulo de organelas e proteinas alteradas pelo excesso de ROS em células envelhecidas. Foi demonstrado que a autofagia é a única linha de defesa contra o acúmulo de mitocôndrias e peroxissomos degenerados; que o funcionamento da autofagia, bem como o de outras vias proteolíticas declina com o aumento da idade e determina a viabilidade celular e individual; que a proteólise intracelular pode ser intensificada por drogas; e que a intensificação farmacológica da mesma pode ser um grande passo em direção ao retardamento do envelhecimento e prevenção e terapia das doenças idade-associadas como o câncer e as neurodegenerações.

[...] Os diferentes tipos de autofagia compartilham um ponto comum, o lisossomo, mas diferem em substratos alvos, suas regulações, e as condições nas quais cada uma delas são preferencialmente ativadas. Fig Figura esquemática dos principais tipos de autofagia em mamíferos e suas alterações com o envelhecimento 2.1 Macroautofagia Muitos dos recentes avanços em autofagia foram direcionados á esta via, a qual envolve a degradação massa? de regiões inteiras do citosol. Estas regiões são inicialmente seqüestradas por membranas limitadoras, as quais se unem para formar um compartimento de dupla membrana conhecido como autofagossomo (fig 2). [...]


[...] A autofagia também inclui proteínas á célula (virais, tumorais e autoantígenos) e gera peptídeos os quais são apresentados ao complexo de histocompatibilidade principal (MHC) classe II. Deste modo, a autofagia representa um mecanismo imunológico previamente desconhecido que pode agir contra células parasitadas por micróbios intracelulares e possivelmente contra células (i.g. células cancerígenas) as quais exibem proteínas de síntese e composição anormais. Tem sido demonstrado há décadas que a autofagia regula o balanço geral de mitocôndrias e peroxissomos. Evidencias recentes mostram que a macroautofagia identifica e elimina organelas senescentes ou hipergeradoras de ROS de modo bem seletivo ( fig 1). [...]

Mais Vendidos biologia

Sistema cardiovascular

 Biologia e medicina   |  Biologia   |  Estudo   |  01/09/2006   |  BR   |   .doc   |   14 páginas

Últimos trabalhos biologia

Importância dos fungos

 Biologia e medicina   |  Biologia   |  Estudo   |  28/02/2010   |  BR   |   .doc   |   7 páginas

Sistema sensorial

 Biologia e medicina   |  Biologia   |  Estudo   |  02/01/2010   |  BR   |   .doc   |   6 páginas