Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Ascaridíase

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
biologia
Faculdade
Faculdade...

Informações do trabalho

Victor Fernandes Do Nascimento M.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
5 páginas
Nível
Para todos
Consultado
238 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Epidemiologia
  2. Morfologia
  3. Ciclo evolutivo
  4. Patogenia
  5. Quadro clínico
  6. Diagnóstico
  7. Tratamento
  8. Profilaxia

A ascaridíase é uma doença parasitária do homem, causada por um helminto do filo Nematoda. Habitualmente, não causa sintomatologia, mas pode manifestar-se por dor abdominal, diarréia, náuseas e anorexia. Quando há grande numero de vermes, pode ocorrer quadro de obstrução intestinal.
Dados recentes indicam que o Ascaris lumbricoides é o helminto mais freqüente nas áreas tropicais. A prevalência é de aproximadamente 30% da população mundial e mais de 50% da brasileira.
A faixa etária mais acometida é a das crianças de um a dez anos (70% a 90%), pelos costumes de brincar com terra e de levar a mão à boca

[...] curva ventralmente com dois espículos laterais curvos. Quando adulto, o verme vive na luz do intestino delgado, onde se alimenta do conteúdo intestinal do homem e pode se locomover facilmente sem se fixar à mucosa intestinal. Vivem no intestino por cerca de seis meses e põem em média cerca de 200 mil ovos. No intestino, pode-se abrigar cerca de 500-600 vermes de uma só vez. Os ovos são grandes, arredondados ou ovais, medindo cerca de 50 micrometros de diâmetro, de coloração marrom, pois absorvem pigmentos biliares das fezes. [...]


[...] Quando deglutidos, vão para o intestino delgado, transformando- se em adultos jovens e provocando a infecção, em 60 dias atingem a maturidade e são capazes de reiniciar o seu ciclo Patogenia Apenas 1/6 dos infectados apresentam sintomas, estes são ligados a quantidade de larvas e de adultos, sendo os sintomas divididos entre os da forma larvária e os da forma adulta. Larvas: Em infecções maciças encontrarem-se lesões pulmonares e hepáticas. No fígado podem ser vistas áreas de necrose e hemorrágicas. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Verminoses na infância

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  17/01/2007   |  BR   |   .ppt   |   52 páginas

Parasitoses intestinais e seus tipos

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo dirigido   |  23/10/2007   |  BR   |   .ppt   |   55 páginas

Mais Vendidos biologia

Sistema cardiovascular

 Biologia e medicina   |  Biologia   |  Estudo   |  01/09/2006   |  BR   |   .doc   |   14 páginas