Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

A privação do brincar sobre o olhar da psicomotricidade

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
enfermagem
Faculdade
CTAP -...

Informações do trabalho

Pereira Martins E.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
5 páginas
Nível
Para todos
Consultado
4 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. A privação do brincar

Resumo

A partir das reflexões sobre o brincar e sua relação com o desenvolvimento infantil, o presente artigo estabelece um diálogo sobre as possíveis conseqüências á questão ?Privação do brincar sobre o olhar da psicomotricidade?. Examina a bibliografia da ludicidade e sua importância. Propõe o brincar espontâneo em todas as etapas do desenvolvimento infantil.

Palavras-chave: Brincar ? privação ? psicomotricidade ? desenvolvimento infantil

Introdução

O brincar é essencial ao ser humano e nos revela de variadas formas sua importância, além de construir auxilio na boa formação infantil, nas esferas emocional, intelectual e social. Privar uma criança de brincar é também negligenciar sua qualidade de vida, quando oferecemos a ela a oportunidade do brincar oferecemos também, uma perspectiva de vida melhor, um desenvolvimento sadio, natural e mais que isso a possibilidade de se reconhecer como ser, se entender como parte do mundo e interagir com ele, pois é através do corpo e com o corpo que o ser humano percebe os objetos que o cercam. Por esse motivo me propus a pesquisar entre autores e artigos científicos as possíveis e prováveis conseqüências da privação do brincar sobre o olhar da pscimotricidade.
A importância do brincar é unanimemente admitida, porém as opiniões dividem-se, quanto aos motivos. Winnicott ( 1978) crê que a atividade lúdica originalmente desponta como meio de elaborar o luto pela perda dos cuidados maternos, quando o bebe começa a perceber que esta separado da mãe, e se cria um espaço entre ambos.
Wallon (1966) percebeu o potencial transgressivo do brincar, ao defini-lo como uma transgressão do real. E é este traço transgressivo responsável pela resistência dos adultos diante da ação de brincar devido á dificuldade que tem em aceitar a importância de uma atividade na qual seu papel não é central, recusando-se a reconhecer a relevância da brincadeira espontânea, e talvez por isso negligenciam o brincar.
Já para vygotsky, a criança vivencia a experiência no brinquedo como se ele fosse maior do que é, na realidade, fator de grande importância no seu desenvolvimento.
Brincar é um ato tão espontâneo e natural para as crianças quanto comer, dormir, andar e falar. Basta observarmos um bebe nas diferentes fases de seu crescimento para confirmar tal fato: logo que descobre as próprias mãos, brinca com elas; a descoberta dos pés é outro brinquedo que fascina; diverte-se com a voz quando balbucia; cospe a chupeta ou alimento, vezes seguidas atira sem se cansar um objeto no chão, chegando a desafiar a paciência de quem o apanha.

[...] Universidade Federal do Pará.2002. JAQUELINE, da Silva Lima. A importância do Brincar e do brinquedo para as crianças de três a quatro anos na Educação infantil.Rio de janeiro,2006. JUNQUEIRA, Maria de Fátima Pinheiro da Silva O brincar e o desenvolvimento infantil, http:/www.saudedafamilia.hpg.ig.com.br, Rio de Janeiro. KLEIN, Milanie. Psicanálise da criança, São Paulo, Ed. Mestre Jou, 2º ed. Em português LEIFT, Joseph e Brunell, Lucien. O [...]


[...] O brincar se apresenta fundamental tanto ao desenvolvimento cognitivo e motor da criança quanto á sua socialização, sendo um importante instrumento de intervenção em saúde durante a infância. Constantemente nos deparamos com pais e até mesmo educadores, que ignoram e negligenciam o ato de brincar e sua importância para o desenvolvimento físico e psíquico de seus filhos e alunos, não levando em conta que este possibilita processos de socialização e de descoberta do mundo que o cerca, percebe-se que ao longo dos tempos, o ato de brincar esta relegado a um simples passatempo desprovido de qualquer outra função que não apenas a de ocupar as crianças com divertidas. [...]

Mais Vendidos enfermagem

Sistema cardiovascular

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Palestra   |  13/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   56 páginas

Doenças microbianas do sistema cardiovascular e linfático

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Palestra   |  02/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   72 páginas

Últimos trabalhos enfermagem

A Importância da Enfermagem na Saúde Coletiva

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  07/11/2012   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

Estudo de Caso: Transtorno Afetivo Bipolar (TAB)

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  10/05/2012   |  BR   |   .doc   |   9 páginas