Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

A saúde da criança e do adolescente do Brasil: principais focos de intervenção

Informações sobre o autor

Professor
Nível
Especializado
Estudo seguido
Bacharel em...

Informações do trabalho

Erica S.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo
Número de páginas
30 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
324 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. História
  2. A era bacteriológica
  3. O aperfeiçomento dos procedimentos
  4. Recomendações do relatório de Platt (1959)
  5. Crescimento e desenvolvimento
  6. Primeira conferência internacional sobre a assistência primária à saúde (Alma ata, 1978)
  7. Estatuto da criança e do adolescente
  8. Situação democrática e epidemiológica do Brasil
  9. Mortalidade infantil
  10. Focos de Intervenção para Assistência à criança e ao adolescente
  11. O que já foi realizado?
  12. O que está se fazendo?
  13. Programa saúde família
  14. E o que vamos fazer?
  15. Referência

HISTÓRIA Médico grego Hipócrates (460-370 a.c.) ? já escreveu relatos de doenças em crianças Cristianismo ? ensinamentos bíblicos sobre criança Século 17 ? Criação de abrigos infantis IDADE MÉDIA Não existia o conceito de infância Criança ? 0 a 7 anos Crianças vestidas como adultos- ?adulto em miniatura? A maioria das crianças não freqüentavam a escola

Mais Vendidos enfermagem

Sistema cardiovascular

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Palestra   |  13/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   56 páginas

Doenças microbianas do sistema cardiovascular e linfático

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Palestra   |  02/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   72 páginas

Últimos trabalhos enfermagem

A Importância da Enfermagem na Saúde Coletiva

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  07/11/2012   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

Estudo de Caso: Transtorno Afetivo Bipolar (TAB)

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  10/05/2012   |  BR   |   .doc   |   9 páginas