Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Diabete melito na gestação

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
enfermagem
Faculdade
Universidad...

Informações do trabalho

Carla S.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
27 páginas
Nível
avançado
Consultado
3 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Mudanças fisiológicas do corpo da mulher na gestação
  2. Diabetes melito
  3. Ajustes metabólicos maternos na gravidez normal e na diabética
  4. Diabetes gestacional
  5. Complicações maternas
  6. Diagnósticos de enfermagem
  7. Decisão quanto ao parto

Durante a gestação ocorrem uma série de mudanças fisiológicas a fim de acomodar e nutrir o feto. Depois da liberação do feto e placenta, o corpo da mãe passa a retornar ao seu estado anterior à gravidez.

1.1 Alterações dos órgãos reprodutores
* Corpo uterino: o peso aumenta cerca de 20 vezes, e o tamanho de 5 a 6 vezes, aumenta a contratilidade, o suprimento sanguíneo aumenta cerca de 20 a 40 vezes . A parede muscular uterina sofre hipertrofia, aumenta o desenvolvimento de tecido conjuntivo e elástico, aumentando a forca da parede uterina.
* Vagina: aumento da vascularização, os vasos sanguíneos ficam maiores, o tom de rosado fica vermelho, ou mesmo púrpura. A mucosa torna-se mais espessa, ocorre hipertrofia dos músculos e o tecido conjuntivo fica mais frouxo. A descarga vaginal torna-se mais espessa, branca e de consistência friável de forte reação ácida.
* Vulva e períneo: períneo com edema e vascularização aumentada, são comuns as varizes vulvares. Nos tecidos perineais também aumenta a vascularização, hipertrofia e afrouxamento dos tecidos conjuntivos.

1.2 Alterações das mamas
As mamas aumentam de tamanho e firmeza, tornam-se nodulares devido hipertrofia dos alvéolos e desenvolvimento do tecido glandular quiescente. Pode aparecer estriações na pele. Aumenta-se a vascularização das mamas no inicio da gravidez, e as veias superficiais ficam mais proeminentes. Podem surgir sintomas como: dor, formigamento, peso nas mamas, que são sinais presuntivos de gravidez. Os mamilos e aréolas ficam maiores e mais proeminentes, sua cor fica mais escura; os mamilos ficam mais moveis e eréteis. No fim do segundo trimestre, uma pequena quantidade de liquido fino e amarelado (colostro) é secretado pelos dutos.

1.3 Alterações no abdome
O abdome se modifica conforme com o crescimento do útero, que vai se estendendo à cavidade abdominal. Ao final da gravidez, o fundo uterino sobe de modo a exercer pressão contra o diafragma. Os órgãos abdominais superiores ficam espremidos na parte superior da cavidade abdominal e os intestinos ficam acima, por trás e dos lados do útero.

[...] Pode aparecer estriações na pele. Aumenta-se a vascularização das mamas no inicio da gravidez, e as veias superficiais ficam mais proeminentes. Podem surgir sintomas como: dor, formigamento, peso nas mamas, que são sinais presuntivos de gravidez. Os mamilos e aréolas ficam maiores e mais proeminentes, sua cor fica mais escura; os mamilos ficam mais moveis e eréteis. No fim do segundo trimestre, uma pequena quantidade de liquido fino e amarelado (colostro) é secretado pelos dutos Alterações no abdome O abdome se modifica conforme com o crescimento do útero, que vai se estendendo à cavidade abdominal. [...]


[...] Essa alteração é mais comum no tórax, no pescoço, nos braços, na face e nas pernas, e desaparece após o nascimento do bebê Diabetes Melito 2.1 Fisiologia normal O pâncreas é uma glândula mista do qual é tecido exógeno e 1 a restante correspondem à Ilhotas de Langerhans, pequenas ilhas de tecido endócrino com a principal função de secretar insulina e glucagon. A insulina é uma molécula polipeptídica, com 21 aminoácidos. Sua liberação é regulada, principalmente pelos níveis sanguíneos de glicose, com seu aumento estimulando a síntese e secreção do hormônio, com a redução os suprimindo. [...]


[...] A gestante com diabete melito insulino-dependente deve ingerir 35 calorias/ kg do seu peso corporal ideal, ou 2200 a2400 calorias por dia. As gestantes com diabetes gestacional precisam consumir de 2000 a 2200 calorias por dia. Desse total sob forma de proteínas a 60% como carboidratos e 25 a 30% como gorduras. A paciente deve dividir a ingestão diária total em 3 refeições e 3 lanches leves, consumindo 25% das calorias no café da manhã no almoço no jantar e 15% nos lanches, principalmente à noite, ao deitar, pare evitar hipoglicemia. [...]

Mais Vendidos enfermagem

Sistema cardiovascular

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Palestra   |  13/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   56 páginas

Doenças microbianas do sistema cardiovascular e linfático

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Palestra   |  02/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   72 páginas

Últimos trabalhos enfermagem

A Importância da Enfermagem na Saúde Coletiva

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  07/11/2012   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

Estudo de Caso: Transtorno Afetivo Bipolar (TAB)

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  10/05/2012   |  BR   |   .doc   |   9 páginas