Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Equilíbrio e mobilidade em idosos institucionalizados

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
direito...
Faculdade
UNITRI

Informações do trabalho

FRANCISCO CARLOS S.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
13 páginas
Nível
Para todos
Consultado
377 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Envelhecimento
  2. Idosos institucionalizados
  3. Equilíbrio
  4. Mobilidade

Quando envelhecemos acontecem uma série de transformações fisiológicas em nosso corpo, sendo que o equilíbrio, mobilidade, visão, audição, musculatura e ossos são os que sofrem as maiores e significativas alterações.
Há vários fatores que desencadeiam o processo da falta de equilíbrio e mobilidade na terceira idade, como problemas na coluna vertebral, déficit de visão e de labirinto, perda da massa muscular, lassidão nos tendões e redução da amplitude articular. Estas estruturas sofrem com a idade, e acabam mandando informações erradas para o sistema nervoso central, causando o desequilíbrio. O idoso, com a falta de equilíbrio, mobilidade e postura inadequada está propenso a quedas e muitas vezes com conseqüências graves e até incapacitantes, tornando-o dependente em suas atividades diárias. Com as quedas há o medo de surgir outra situação semelhante, então o idoso evita fazer atividades rotineiras, de sair, indo à lugares que costumavam freqüentar, acomodando-se na maior parte do tempo em casa, onde se sente seguro.
Há também a mudança do fator psicológico no envelhecimento que muda acentuadamente, influenciando a baixa da auto-estima, podendo causar, em algumas pessoas, depressão.
Estes fatores levam ao isolamento social e por conseqüência redução de atividades e assim reforçam o padrão de enfraquecimento muscular.
Esta pesquisa teve como objetivo geral investigar o equilíbrio e a mobilidade de um grupo de idosos institucionalizados. Tem como objetivos específicos determinar o grau de equilíbrio e mobilidade de idosos asilados e verificar se há diferença entre homens e mulheres.
O questionamento da pesquisa está em saber se há diferença de equilíbrio e mobilidade entre homens e mulheres moradores do asilo referente.
As hipóteses determinadas foram de que: homens têm maior grau de mobilidade e equilíbrio do que as mulheres; mulheres têm maior grau de equilíbrio e mobilidade do que os homens.

[...] Com a Lei a vida do idoso melhorou significativamente ASILOS Para Sinésio e Andrade (2002), os asilos são locais com funções de assistência pública e/ou privada que proporcionam abrigo em regime de internato por tempo indeterminado, há idosos de ambos os sexos, com diferentes graus de dependência física, mental e social, impossibilitados de se manterem ou serem mantidos junto à família ou a comunidade. Segundo as mesmas autoras, as instituições que assumem um caráter de assistência à saúde como Clínicas Geriátricas oferecem exclusivamente durante o período diurno, atendimento médico, enfermagem e demais serviços complementares a idosos portadores ou não de enfermidades crônicas, invalidantes ou não, e distúrbios psiquiátricos leves. [...]


[...] Zimerman (2000) relata que a expectativa de vida mundial, segundo a Organização Mundial da Saúde é de 66 anos, e em 2025 será de 74 anos de idade. O crescimento populacional dos habitantes com mais de 60 anos foi de 227%. No Brasil esta expectativa é um pouco mais baixa anos, e a previsão para 2025 será de 74 anos. Terra e Dornelles (2003), relatam que em relatório da Organização das Nações Unidas o crescimento seguro significa que há uma tendência de prolongamento de vida e um declínio dos índices de natalidade/mortalidade, o que nos tornará nos próximos quarenta anos o país mais envelhecido do continente latino-americano, considerando o volume populacional de pessoas com mais de 60 anos. [...]


[...] E estas manobras, por sua vez, dependem de uma integração de múltiplas características como física, cognitivas e psicológicas Metodologia 3.1 Delineamentos A pesquisa caracterizou-se como um estudo de caráter quantitativo, com testes realizados em idosos institucionalizados, para verificar o grau de equilíbrio e mobilidade destes idosos e conseqüentemente o risco de quedas. Os testes foram realizados no Lar São Francisco dentro do Amparo Santa Cruz. Foi entregue à instituição o Termo de Autorização Institucional (anexo que foi devidamente assinado pelo coordenador do Lar São Francisco. [...]

Mais Vendidos enfermagem

Sistema cardiovascular

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Palestra   |  13/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   56 páginas

Doenças microbianas do sistema cardiovascular e linfático

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Palestra   |  02/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   72 páginas

Últimos trabalhos enfermagem

A Importância da Enfermagem na Saúde Coletiva

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  07/11/2012   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

Estudo de Caso: Transtorno Afetivo Bipolar (TAB)

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  10/05/2012   |  BR   |   .doc   |   9 páginas