Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

História do Câncer

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
enfermagem
Faculdade
FACULDADE...

Informações do trabalho

RAFAELA G.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
17 páginas
Nível
Para todos
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Histórico do Câncer
  2. Câncer
    1. Causas do Câncer
    2. Como Ocorre o Câncer
    3. Processos de Carcinogênese: Eatágios e Classificação
    4. Classificação do Câncer
    5. Estatísticas do Câncer
    6. Câncer do Colo de Útero
    7. Neoplasia Intra-Epitelial Cervical: NIC
  3. HPV (Papiloma Vírus Humano)
    1. Oncogene do HPV
  4. Relação do HPV com Câncer de Colo de Útero

Os processos de industrialização e urbanização na sociedade atual expõem a população a frequentes agentes potencialmente cancerígenos. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer, estima-se que no biênio 2010/2011 ocorram mais de 489.270 novos casos de câncer no Brasil (FREITA et al., 2005; INCA, 2010; CAVALCANTE, 2010).
A patologia denominada câncer se refere a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado (maligno) de células que invadem os tecidos e órgãos, que podem espalhar-se (metástase) para outras regiões do corpo (INCA, 2009).
De forma geral, o câncer do colo do útero corresponde a cerca de 15% de todos os tipos de cânceres femininos, sendo o segundo tipo mais comum entre as mulheres no mundo. Em alguns países em desenvolvimento, é o tipo mais comum de câncer feminino, enquanto que em países desenvolvidos chega a ocupar a sexta posição (INCA, 2002).
Desta maneira, uma possível associação entre o vírus HPV e o câncer de colo de útero começou em 1949, quando o patologista George Papanicolaou introduziu o exame mais difundido no mundo para detectar a doença: denominado exame Papanicolaou. A partir desse exame foi possível identificar que haviam várias mulheres com alterações celulares pré-malignas, sendo possível talvez uma relação da atividade sexual com o desenvolvimento do câncer de colo de útero.

[...] A manutenção e o acúmulo de massa dessas células formam os tumores malignos e elas também podem adquirir a capacidade de se desprenderem do tumor e de migrarem, invadindo inicialmente os tecidos vizinhos, podendo chegar ao interior de um vaso sangüíneo ou linfático através destes, disseminarem e chegar a órgãos distantes do local onde o tumor teve inicio, formando metástases (SPENCE, JONHSTON; 2001; INCA, 2009). As células cancerosas são, geralmente, menos especializadas nas suas funções que as suas correspondentes normais. [...]


[...] Williams & Wilkins: Baltimore GALLO, C. V.M.; GUERRA, M. R.; MENDONÇA, G. A. A. Risco de câncer no Brasil: tendências e estudos epidemiológicos mais recentes. Revista Brasileira de Cancerologia. v n p. 227- GUEDES, F. Câncer bucal vira epidemia no Brasil. Rio de Janeiro: COPPE/UFRJ GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas HAUSEN, Z. H. Papillomavirus infections a major cause of human cancer. Biochim biophys Acta. v n p. 55- INCA. Falando Sobre Câncer e Seus Fatores de Risco. [...]


[...] A região E (early) interfere também nos processos de controle do ciclo celular, resposta apoptótica, sinalização celular e expressão génica. A proteína E1 possui atividade de helicase e ATPase, e também interage com outras proteínas (WILSON, 2002). As proteínas E6 e E7 tem a disposição de imortalizar células humanas e tambem desativar supressores tumorais, cultivando a atividade de proliferação celular e contribuindo para a transformação maligna. Sabe-se ainda que essas oncoproteínas E6 e E7 de HPVs de alto risco se ligam as proteínas de controle celular e exercem uma função de degradação e inativação das mesmas (TOMMASINO, 2003). [...]

Estes documentos podem interessar a você

Câncer de colo uterino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  02/11/2006   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

O câncer de cólon

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Monografia   |  05/12/2006   |  BR   |   .doc   |   43 páginas

Mais Vendidos enfermagem

Sistema cardiovascular

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Palestra   |  13/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   56 páginas

Doenças microbianas do sistema cardiovascular e linfático

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Palestra   |  02/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   72 páginas