Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

O efeitos dos ruídos na audição e comunicação da equipe de enfermagem

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
administração
Faculdade
FACECA/FADIVA

Informações do trabalho

José Antônio P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
13 páginas
Nível
Para todos
Consultado
360 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. E enfermagem e a exposição ao ruído
  3. A influência dos riscos físicos aos trabalhadores de enfermagem
    1. O efeito dos ruídos
  4. Os danos provocados pelos ruídos à comunicação e à audição
  5. Conclusões
  6. Referências

Observa-se, inicialmente que uma organização é um sistema formado por inúmeras atividades humanas em seus diversos níveis, sendo constituídos por um conjunto complexo e multidimensionais de personalidades, grupos reduzidos, normas, valores e comportamentos, ou seja, é um sistema derivado de atividade consciente e coordenadas de um grupo de pessoas para se obter os objetivos comuns (CHIAVENATO, 1995).
Ainda referindo-se às analises de Chiavenato (1995), a interdependência de uma organização e o seu meio ambiente é um parâmetro fundamental, de maneira especial no caso das organizações de saúde, as quais estão sujeitas a diversas influências, quais sejam: demográficas e de mobilidade; econômico-financeiros; sociais e culturais; legislativas; tecnológicas e funcionais.
Observa-se, desta forma, que os hospitais são sistemas complexos formados por diversos setores onde atuam diversos profissionais, tornando-os, sobretudo uma organização de pessoas constantemente expostas a situações emocionalmente intensas, tais como vida, doença e morte, troca de turno (dia/noite), ruídos, situações estas que levam as pessoas a ficarem ansiosas e tensas física e emocionalmente.
Em relação às atividades do sistema Hospitalar, e sendo o Hospital uma organização institucionalizada cujo objetivo maior é a prestação de serviços, a grande maioria dos autores volta a atenção nos cuidados a prestar aos seus usuários.
Observa-se ainda, que nas ultimas décadas, muito se tem mencionado de "humanização hospitalar", observa-se que os estudos desenvolvidos sobre esta questão têm como objetivo principal, assegurar a qualidade de serviços prestados àqueles que necessitam dos cuidados hospitalares, ou seja, os seus pacientes. As condições de trabalho, a motivação e em derivação, a qualidade de vida dos profissionais de saúde, não tem recebido a devida atenção, sendo relegada a um segundo plano (CRUZ, 1995).

[...] Ressalta-se que o controle da origem do ruído pode ser viável se determinadas partes da edificação forem consideradas, tais como: Teto; Paredes; Portas; Janelas; Forração; Pisos A INFLUÊNCIA DOS RISCOS FÍSICOS AOS TRABALHADORES DE ENFERMAGEM Conforme citado anteriormente, os estabelecimentos de saúde, principalmente os hospitais e postos de saúde, de um modo geral, são detentores de um alto grau de complexidade, em relação à distribuição de suas atividades, grau de permanência dos trabalhadores da saúde e da permanência das pessoas nestes locais, classe dos usuários, etc. [...]


[...] What policy to fight urban road traffic noise?, Recherche Transport Securité (English issue), 8:25-32. Bron, France: INRETS-LEN LEME, O.L.S. Estudo audiométrico comparativo entre trabalhadores de área hospitalar expostos e não expostos a ruído. Ver. Brás. Otorrinolaringol MARZIALE, M. H. P. & CARVALHO, E. C. Condições ergonômicas do trabalho da equipe de enfermagem em unidade de internação de cardiologia. Rev latino- am. Enfermagem 99- MENDES, R. Patologia do Trabalho. São Paulo: Atheneu; 1999. Patologia do trabalho. São Paulo: Atheneu MIRSHAWKA, Victor. Hospital - Fui bem atendido [...]


[...] As atividades realizadas pela equipe de enfermagem são classificadas em: atividades que requer do profissional somente o esforço físico; e atividades que exigem esforço mental. As atividades que exigem predominantemente esforço mental do profissional de enfermagem são: conversas com os demais profissionais de saúde; preparo e administração de medicamentos; leitura e anotações em prontuários. Stefanelli (1993), em observação aos setores de alguns hospitais, percebeu que, em sua grande maioria, os mesmos possuem uma boa iluminação durante o dia e a noite, principalmente nos setores mais modernos e que passaram por reformas recentes. [...]

Mais Vendidos enfermagem

Sistema cardiovascular

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Palestra   |  13/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   56 páginas

Doenças microbianas do sistema cardiovascular e linfático

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Palestra   |  02/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   72 páginas

Últimos trabalhos enfermagem

A Importância da Enfermagem na Saúde Coletiva

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  07/11/2012   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

Estudo de Caso: Transtorno Afetivo Bipolar (TAB)

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  10/05/2012   |  BR   |   .doc   |   9 páginas