Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
outros
Faculdade
unifenas

Informações do trabalho

Data de Publicação
29/06/2008
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
11 páginas
Nível
Para todos
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário

Distribuidora Amaral Ltda.

  1. Introdução
  2. Caracterização da empresa
    1. Supervisora do estágio
    2. Area física
    3. Tipos de mobiliários, equipamentos, reagentes e utensílios do laboratório de controle de qualidade físico-químico
    4. Armazenamento de materiais no laboratório
    5. Controle de estoque e programação de compras
    6. Limpeza do laboratório e dos materiais
  3. Caracterização da equipe
  4. Caracterização do serviço
    1. Convenios
    2. Bibliografias utilizadas no laboratório
  5. Atividades desenvolvidas
    1. Setores de realização do estágio
    2. Visita da vigilância sanitária
    3. Convivência com o pessoal do laboratório
    4. Uso de paramentação

A produção de medicamentos há muito tempo que foi reconhecida como uma área industrial importante. Nos Estados Unidos emprega 158 mil pessoas (na área dos medicamentos éticos) e movimenta cerca de 12,9 milhões de dólares em vendas de produtos para medicina humana, sendo a segunda indústria que confere maior retorno ao investimento. A combinação do marketing, da investigação, da produção, dos meios financeiros e das vendas obriga a um grande profissionalismo na gestão desta indústria (LACHMAN, 2001).
De acordo com Gerez (1993), desde seus primórdios, a indústria farmacêutica já atuava com técnicas de venda e uma estrutura comercial desenvolvida, comparativamente aos padrões da época. Até o início do século XIX, os medicamentos disponíveis se centralizavam nas denominadas boticas, estabelecimentos de técnicas artesanais. No final do século, esse tipo de atividade foi substituído por uma conexão mais consistente entre a pesquisa, o lançamento, a produção e o marketing de novos produtos pelas grandes companhias farmacêuticas (BERMUDEZ, 1995).
A produção de medicamentos numa empresa farmacêutica passa pela criação e manutenção de uma organização bem definida que torne o uso do pessoal, das instalações, dos bens e dos equipamentos efetivos e coordenados não esquecendo uma gestão adequada dos inventários (LACHMAN, 2001).
Antes que um produto novo possa ser comercializado ou, que um produto existente seja melhorado significativamente, os departamentos de produção de investigação e desenvolvimento, vendas e marketing tem que chegar a acordo quanto a custos, lucros, datas de lançamento e qualidade pretendidos para o medicamento. Para, além disso, toda a produção na indústria farmacêutica tem que ser feita com as Boas Práticas de Fabricação (BPF) estabelecidas pelas autoridades, pelo que, todo o pessoal da produção tem que entender as BPF, pelo menos aquelas que se aplicam à sua área de responsabilidade. A contaminação deliberada de fármacos que se tem verificado recentemente na cadeia de distribuição tem contribuído para dar uma nova dimensão às responsabilidades da produção contribuindo para realçar a necessidade de aumentar a cooperação entre a indústria, as autoridades e outros organismos em prol da proteção do doente (LACHMAN, 2001).
O departamento de controle de qualidade pode acompanhar a produção e indicar quando um processo se afasta dos padrões estabelecidos, fornecer resultados estatísticos e críticas úteis ao departamento de produção contribuindo para a produção de um produto de qualidade, mas o departamento de produção tem a responsabilidade última da qualidade do medicamento (LACHMAN, 2001).
Nesse contexto, o objetivo da realização do estágio em laboratório de controle de qualidade de indústria farmacêutica é poder associar a teoria com a prática, procurando a melhor forma possível de buscar o aprendizado com os profissionais do laboratório de controle de qualidade.
Este relatório destina-se à descrição das atividades desenvolvidas no estágio curricular em Laboratório de controle de qualidade em indústria farmacêutica, fazendo parte das exigências do Curso de Farmácia da Universidade José do Rosário Vellano – Campus Divinópolis, para obtenção do título de graduado em Farmácia.

[...] FARMACOPÉIA BRASILEIRA ed. São Paulo: Editora Atheneu FARMACOPÉIA DOS ESTADOS UNIDOS DO BRASIL ed. Rio de Janeiro: [s.n.] 1265p. MARTINDALE THE COMPLETE DRUG REFERENCE ed. Massachusetts: Pharmaceutical Press 2315p. PHARMACOPEIA DOS ESTADOS UNIDOS DO BRASIL ed. Rio de Janeiro: Companhia Editora Nacional 1149p. Revistas diversas como RACINE, FÁRMACOS E MEDICAMENTOS e CONTROLE DE CONTAMINAÇÃO. USP THE OFFICIAL COMPEDIA PF STANDARDS ed. [...]


[...] Este relatório destina-se à descrição das atividades desenvolvidas no estágio curricular em Laboratório de controle de qualidade em indústria farmacêutica, fazendo parte das exigências do Curso de Farmácia da Universidade José do Rosário Vellano Campus Divinópolis, para obtenção do título de graduado em Farmácia CARACTERIZAÇÃO DA EMPRESA A empresa Farmax cuja razão social é Distribuidora Amaral Ltda está situada na Rua Luiz Guilherme da Silva Centro Industrial Coronel Jovelino Rabelo Divinópolis / MG, CEP: 35502-284, telefone 2101-9696 e fax: 2101-9625, possui registro CNPJ: 21.759 .758/0001-88. [...]

...

Estes documentos podem interessar a você

Marketing no segmento hoteleiro

 Administração e marketing   |  Marketing   |  Estudo   |  11/01/2007   |  BR   |   .doc   |   46 páginas

A importância do planejamento estratégico de internacionalização para empresas de polpa de...

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo de caso   |  24/07/2007   |  BR   |   .doc   |   76 páginas

Mais Vendidos farmácia

Atividades Estruturadas de Farmácia Hospitalar

 Biologia e medicina   |  Farmácia   |  Estudo   |  01/06/2011   |  BR   |   .doc   |   10 páginas
Compra e venda de trabalhos acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.