Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Homeopatia

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
direito...
Faculdade
Fumesc

Informações do trabalho

JuliO L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
10 páginas
Nível
Para todos
Consultado
212 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. INTRODUÇÃO
  2. UM POUCO DA HISTÓRIA
  3. HOMEOPATIA NO BRASIL
  4. MEDICAMENTO HOMEOPÁTICO
    1. O QUE É?
    2. E A BULA ?
    3. AS DOSES
    4. COMO PODE SER ADMINISTRADO
  5. COMO SE FAZ UM REMÉDIO HOMEOPÁTICO
    1. TRITURAÇÃO
    2. DILUIÇÃO
    3. NOVAS DILUIÇÕES
  6. VEICULAÇÃO
  7. CONTRADIÇÕES DA HOMEOPATIA
  8. CONCLUSÃO
  9. REFERÊNCIAS

Grande incompreensão existe a respeito da especialidade médica chamada Homeopatia, sendo confundida, pela maioria das pessoas, com a Fitoterapia, que é a utilização de plantas medicinais no tratamento de doenças, a qual se assemelha mais ao tratamento convencional do que ao modelo homeopático. O campo da Homeopatia é o campo do puro dinamismo vital. Esta é a única e verdadeira esfera da Homeopatia: a dinâmica vital.
A Homeopatia pode ser definida como a ciência do dinamismo vital. O seu campo é o campo do desequilíbrio vital e as alterações sensoriais e funcionais no paciente individual, independente do nome da doença ou sua causa. As leis que a regem são as leis que regem a vitalidade. Primariamente a Homeopatia não tem nada a ver com qualquer causa física tangível, com qualquer entidade clínica, embora secundariamente esteja relacionada com todas elas. A correção de uma fratura exposta, a detenção de uma hemorragia por uma ferida arterial e a eliminação de um grande tumor comprimindo órgãos vitais não são do domínio da Homeopatia e sim da Cirurgia.

[...] Para entendê-lo, tomemos por modelo a fabricação da arnica, um dos dez remédios homeopáticos mais usados no Brasil, receitado em casos de traumatismos, feridas e choque emocional. O medicamento é produzido a partir da planta de mesmo nome. TRITURAÇÃO Uma parte de arnica (anexo) (no caso, fragmentos da planta inteira moída) é adicionada a noventa e nove partes de lactose, o açúcar do leite, a seguir, macerada durante alguns minutos. Imagine-se que dispomos de um grama de arnica. Ele deve ser misturado a noventa e nove gramas de lactose. [...]


[...] A matéria-prima utilizada varia de substâncias inertes (sem efeito terapêutico para a Alopatia, como o Lycopodium (anexo)) a venenos (de animais peçonhentos), até mesmo outras substâncias de uso terapêutico bem conhecido por todos nós. Na Homeopatia, tudo é possível: por exemplo, a dor que é eventualmente produzida por uma substância, será curada por esta mesma substância em doses diminutas, segundo a Leis dos Semelhantes. E A BULA ? Alguns pacientes que se tratam com a Homeopatia esperam poder ler bulas de seus medicamentos. Seria praticamente impossível satisfazê-los. Afinal, a medicação homeopática é individual. Só serve para um determinado paciente aquele medicamento específico que o Médico Homeopata prescreveu. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Enurese noturna

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  28/10/2008   |  BR   |   .doc   |   20 páginas

Mais Vendidos farmácia

Controle de qualidade de amostra de plantago major

 Biologia e medicina   |  Farmácia   |  Monografia   |  09/10/2006   |  BR   |   .doc   |   15 páginas