Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Tirar a vida: o embrião e o feto

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
contabilidade
Faculdade
UFSC

Informações do trabalho

Silvana P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
dissertação
Número de páginas
7 páginas
Nível
Para todos
Consultado
91 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
    1. Alguns argumentos liberais
    2. As conseqüências de leis restritivas
    3. O valor da vida fetal
    4. O feto como vida em potencial
  2. Apreciação crítica

O aborto é um assunto muito polêmico, que quando colocado em pauta gera muitos conflitos. As opiniões sobre esse tema são muito divergentes, e para conseguirmos entender o pensamento de Peter Singer sobre esse assunto, é necessário colocarmos de lado as questões religiosas, e até mesmo os ensinamentos que nos são apresentados desde a infância, só assim, conseguiremos ler o texto, sem que haja interferência de nossos ?preconceitos?.
Peter Singer inicia o assunto dando ênfase ao problema. Até 1967, o aborto era ilegal em quase todas as democracias ocidentais, com exceção da Suécia e da Dinamarca. Em seguida, a Inglaterra passou, também, a permitir o aborto, e, em 1973, a Corte Suprema dos Estados Unidos admitiu que as mulheres têm o direito constitucional de abortar nos primeiros seis meses de gravidez. Os países da Europa Ocidental, inclusive os católicos, como a Itália, a Espanha e a França, liberalizaram as suas leis relativas ao aborto. A Irlanda foi o único país a não seguir a tendência. Apesar dessas liberações, os adversários do aborto não desistiram.
Com o avanço da ciência, as experiências com embriões humanos vêm aumentando significativamente. Para dar continuidade aos experimentos é necessário que muitos embriões sejam destruídos. A possibilidade de fertilização fora do corpo humano, as técnicas de congelamento e armazenamento de embriões, e a possibilidade de verificar a presença de anormalidades genéticas, através das novas tecnologias, nos levam a pensar sobre as difíceis questões éticas sobre o desenvolvimento humano.

[...] O direito a vida dever ter por base a capacidade de querer continuar vivo e por último, o recém-nascido não é um ser autônomo capaz de fazer escolhas, portanto matar um recém nascido não pode violar o princípio do respeito pela autonomia. Essas características fazem com que o recém- nascido seja igualado ao feto, donde decorre que existam menos razões contra matar bebês e fetos do que contra matar aqueles que conseguem ver-se como entidades distintas dotadas de existência no tempo. [...]


[...] A destruição de um feto que nunca vimos, nos faz sentirmos menos angustiados do que com a morte de um ser que todos podemos ver, ouvir e acariciar. Porém não existe a certeza se isso é suficiente para transformar o nascimento na linha que decide se um ser pode ou não ser morto. A comparação entre matar um bebê prematuro e um feto nos leva a pensar sobre a importância que damos a localização de um ser - dentro ou fora do útero enquanto deixamos de lado o erro que consiste em matá-lo. [...]


[...] Segundo Peter Singer, o reconhecimento desse simples fato transforma toda a questão do aborto. O feto pode ser examinado do jeito que ele é - com as características concretas que possui - e avaliar a sua vida em pé de igualdade com as vidas de seres que possuem características semelhantes, mas não são membros de nossa espécie. Fazendo uma comparação justa das características moralmente relevantes - como a racionalidade, a autoconsciência, a consciência crítico-reflexiva, a autonomia, o prazer, a dor, etc. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas