Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Risco cirúrgico nas cardiopatias

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
UFMG

Informações do trabalho

Raphael C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo de caso
Número de páginas
41 diapositivo
Nível
avançado
Consultado
77 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Preparo Pré-Operatório
  3. Cuidados Intra-Operatórios
  4. Conclusão
  5. Bibliografia

Com o avanço extraordinário da semiologia em cardiologia, das possibilidades diagnósticas em cardiopatias quiescentes e da monitorização intra-operatória pode-se na atualidade realizar procedimentos cirúrgicos mesmo de grande porte em pacientes cardiopatas com bastante segurança. É necessário inicialmente considerar que o ato cirúrgico constitui uma agressão de maior ou menor grau, o qual eventualmente pode alterar as condições hemodinâmicas, desencadeando arritmias ou falência ventricular intra-operatória que põe em risco a vida do paciente, especialmente quando o equilíbrio dos parâmetros cardiocirculatórios é instável. Estas agressões podem ser observadas no ato operatório em decorrência de: distúrbios da ventilação pulmonar, alterações pressóricas, alterações do estado ácido-básico, hemorragias intra-operatórias ou ainda pela instalação de arritmias devido ao aumento da excitabilidade miocárdica secundária ao uso de determinados agentes anestésicos.

[...] Por outro lado, seu aumento progressivo pode significar administração excessiva de volume ou insuficiência cardíaca. Cuidados Intra-Operatórios Ainda em cirurgias de duração prolongada é de boa prática a sondagem vesical de demora e a aferição contínua do débito urinário. De maneira genérica, o volume/minuto urinário acima de 30 ml/hora durante o ato cirúrgico é expressão de débito cardíaco satisfatório e de boa perfusão capilar. Cuidados Intra-Operatórios Queda deste volume abaixo dos valores mencionados exige investigações acerca de sua causa e a conseqüente adoção de medidas terapêuticas apropriadas. [...]


[...] Preparo Pré-Operatório Esta verificação é importante, pois em alguns casos a revascularização do miocárdio pode ser prioritária em relação à intervenção cirúrgica inicialmente cogitada. Finalmente vale citar o caso específico de alguns pacientes que fazem uso de medicação anticoagulante por apresentarem fibrilação crônica ou ainda serem portadores de próteses valvares. Preparo Pré-Operatório Estes casos habitualmente são mantidos com atividade de protrombina em torno de 30% mediante dicumarínicos. A experiência demonstra que é possível realizar cirurgias com segurança e sem sangramento excessivo. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS)

 Biologia e medicina   |  Fisioterapia   |  Estudo de caso   |  17/01/2010   |  BR   |   .doc   |   11 páginas

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas