Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Acidentes por himenópteros

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
UFMG

Informações do trabalho

Raphael C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
73 diapositivo
Nível
avançado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Acidentes por himenópteros
    1. Generalidades
    2. Identificação
  2. Acidentes com abelhas
    1. Generalidades
    2. Identificação
    3. Características do Veneno
    4. Quadro Clínico
    5. Tratamento
    6. Exames Laboratoriais
    7. Complicações
    8. Prognóstico
  3. Acidentes com formigas
    1. Identificação
    2. Características do Veneno
    3. Quadro Clínico
    4. Tratamento
    5. Complicações
  4. Acidentes com vespas
    1. Generalidades
    2. Identificação
    3. Características do Veneno
    4. Quadro Clínico
    5. Tratamento
  5. Conclusão
  6. Referências

Acidentes por himenópteros Generalidades Os insetos pertencentes à família Hymenoptera são os únicos que possuem ferrões verdadeiros e existem três famílias com importância médica: Apidae, que inclui as abelhas, zangões e mamangavas, família Vespidae que inclui vespas amarelas, vespões, caçunungas e marimbondos e a família Formicidae onde encontramos as formigas. A picada destes insetos pode causar reações alérgicas de preferência em adultos e indivíduos profissionalmente expostos. Acidentes graves e mortes são relatados em acidentes envolvendo abelhas africanizadas por causa de sua agressão, que favorece o ataque maciço (acima de 400 picadas)_ com injeção de grande quantidade de veneno. Identificação A ordem Hymenoptera se divide em duas subordens: Symphyta e Apocrita. A subordem Apocrita se divide em Terebrantia e Aculeata, a qual possui aproximadamente cinquenta mil espécies, divididas entre as superfamílias Formicoidea (formigas), Apoidea (abelhas) e as superfamílias Bethyloidea, Scalioidea, Pompiloidea, Sphecoidea e Vespoidea (vespas).

[...] Tratamento Em acidentes causados por enxames os ferrões devem ser retirados através da raspagem com lâminas e não pelo pinçamento que poderá espremer a glândula do ferrão e inocular ainda mais veneno no paciente. Para combater a dor está indicada analgesia por Dipirona, via EV, ou qualquer outro analgésico disponível. No caso de anafilaxia deve ser feita administração de solução aquosa de adrenalina 1:1000, via subcutânea, sendo a primeira dose de 0,5 ml, que deve ser repetida com intervalo de dez minutos em adultos, se for necessário. [...]


[...] Quadro Clínico Após a picada há a formação de pápula urticariforme no local acompanha por dor importante que com o passar das horas cede e pode tornar-se prurido. Aproximadamente vinte e quatro horas após o acidente a pápula evolui para pústula estéril, a qual é reabsorvida em sete a dez dias. Pode ocorrer infecções secundárias devido ao rompimento da pústula por coçadura. Os acidentes múltiplos são relatados em incapacitados, crianças e alcoólatras. Anafilaxia e reações respiratórias podem estar presentes. Tratamento Está indicado o uso de anti-histamínicos via oral e analgesia com paracetamol. [...]


[...] Dor local aguda surge após uma ferroada e tende a desaparecer deixando rubor, prurido e edema no local por até alguns dias. A intensidade desta reação alerta para o estado de sensibilidade do indivíduo e complicações em picadas subsequentes. As manifestações regionais tem início lentamente e se caracterizam por edema flogístico que evolui para enduração local que aumenta nas primeiras vinte e quatro a quarenta e oito horas mas diminui nos dias seguintes. Estas manifestações podem levar a limitação de movimento do membro acometido. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas