Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Arranhadura do gato

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
UFMG

Informações do trabalho

Raphael C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
28 diapositivo
Nível
avançado
Consultado
80 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Doença da arranhadura do gato
    1. Quadro clínico
    2. Diagnóstico
    3. Diagnóstico diferencial
    4. Tratamento
  2. Febre da mordedura de rato
    1. Manifestações Clínicas
    2. Diagnóstico
    3. Tratamento
  3. Conclusão
  4. Bibliografia

DOENÇA DA ARRANHADURA DO GATO Descrita inicialmente em 1950 por Debré, é uma doença infecciosa autolimitada, adquirida em geral através de contato com gato, caracterizada pela presença de ferimento ou lesão no local da inoculação, linfadenopatia regional e ocasionalmente sintomas sistêmicos. Não apresenta predileção por raça ou sexo e acomete indivíduos nas duas primeiras décadas de vida. O contato com gatos saudáveis ocorre em mais de 90% dos casos, mas evidências clínicas de traumas provocados por estes aparecem em menos de 50% deles. Vários agentes infecciosos como Chlamydia, vírus, micobactérias atípicas, foram aventados como agentes epidemiológicos desta doença. Em 1983, Wear et al., através da coloração de Warthin-Starry, observaram a presença de pequenos bacilos pleomórficos, Gram-negativos em linfonodos de pacienres com a doença da arranhadura do gato. Em 1988, um agente etiológico presumível foi isolado e cultivado por English et al., a partir de linfonodos de pacientes com esta mesma doença.

[...] Diagnóstico O diagnóstico da doença da arranhadura do gato, tradicionalmente é feito através da presença de 3 ou 4 dos critérios seguintes: contato com gato e presença de arranhadura ou lesão primária; teste cutâneo positivo; resultados laboratoriais negativos para outras causas de linfadenopatia e achados histopatológicos característicos. Diagnóstico Contudo, a história de arranhadura de gato e presença da lesão primária, nem sempre existem, os testes cutâneos não são padronizados, e além disso, o exame anatomopatológico só pode ser realizado após a biópsia cirúrgica do linfonodo. [...]


[...] DOENÇA DA ARRANHADURA DO GATO O contato com gatos saudáveis ocorre em mais de 90% dos casos, mas evidências clínicas de traumas provocados por estes aparecem em menos de 50% deles. Vários agentes infecciosos como Chlamydia, vírus, micobactérias atípicas, foram aventados como agentes epidemiológicos desta doença. DOENÇA DA ARRANHADURA DO GATO Em 1983, Wear et al., através da coloração de Warthin-Starry, observaram a presença de pequenos bacilos pleomórficos, Gram-negativos em linfonodos de pacienres com a doença da arranhadura do gato. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas