Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Cólica nefrética

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
UFMG

Informações do trabalho

Raphael C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
77 diapositivo
Nível
avançado
Consultado
146 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Sintomatologia
  3. Causas
  4. Fisiopatologia da Litíase
  5. Diagnóstico e Propedêutica
  6. Diagnóstico Diferencial
  7. Tratamento
  8. Conclusões
  9. Bibliografia

Introdução Cólica nefrética, ou cólica renal, é o termo que se utiliza comumente para definir a síndrome dolorosa renoureteral aguda. É caracterizada por dor paroxística súbita, de localização predominantemente lombar com irradiação para a fossa ilíaca, para os órgãos genitais, e atingindo até a face interna da coxa. A dor surge quando há aumento da tensão na parede ureteropielocalicial ou cápsula renal, pelo aumento da pressão no sistema coletor secundário à obstrução do fluxo urinário. Sintomatologia A dor geralmente surge de maneira brusca, sem horário fixo, até mesmo durante o sono. Outras vezes, existem pródromos, como dor lombar surda, disúria e sensação de plenitude abdominal. Quando, na etiologia, é litiásica, encontra-se como antecedente imediato um esforço físico, como caminhada ou viagem, ação do calor e desidratação.

[...] dor paroxística súbita, de localização predominantemente lombar com irradiação para a fossa ilíaca, para os órgãos genitais, e atingindo até a face interna da coxa. Introdução A dor surge quando há aumento da tensão na parede ureteropielocalicial ou cápsula renal, pelo aumento da pressão no sistema coletor secundário à obstrução do fluxo urinário. Sintomatologia A dor geralmente surge de maneira brusca, sem horário fixo, até mesmo durante o sono. Outras vezes, existem pródromos, como dor lombar surda, disúria e sensação de plenitude abdominal. [...]


[...] Outras: duplicações ureterais incompletas, ureter duplo-cego cranial, acotovelamento de ureter (ptose renal, ectasia renal), neuralgias, tabes, histeria etc. Chauvin e Jean observaram a etiopatogenia da cólica nefrética em 486 casos, sendo 186 destes portadores de litíase, ou seja Causas Hidronefrose foi encontrada em 45 pacientes, ptoses com acotovelamento do ureter em 35, malformações congênitas em estreitamentos ureterais em 14, compressões em 5 pacientes, tumores renais em nefrite em e prostatovesiculites em 15. Nos demais 123 pacientes a etiologia não foi determinada. [...]


[...] O mais empregado é a fenildimetilpirazolona 2,5 g EV, em aplicação diluída em água destilada, lenta, para que sejam evitados desconforto e dor na veia. Tratamento O tenoxican 20 mg pode ser empregado via intramuscular, endovenosa ou retal e é o único AINH endovenoso disponível comercialmente em nosso meio. Na impossibilidade de aplicação destes, por alergia ou por falta de acesso venoso, usa-se o diclofenaco sódico mg, ou piroxicam mg, através de injeção intramuscular. Tratamento Estes compostos são inibidores da síntese de prostaglandinas, e a prostaglandina eleva o fluxo sangüíneo, com aumento da pressão de filtração glomerular, levando à formação de maior volume urinário secundariamente, ao aumento da pressão das paredes pieloureterais, o que desencadeia a cólica. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas