Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Contracepção em doenças endocrinas

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
ITPAC

Informações do trabalho

Frederico L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
39 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
75 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. A diabética e a contracepção
    1. Anticoncepção
    2. Métodos comportamentais
    3. Métodos de barreira
    4. Anticoncepcionais hormonais
    5. Anticoncepcionais hormonais injetáveis e implantes
    6. Anticoncepcional hormonal combinado oral (AHCO)
    7. Dispositivo intra-uterino
    8. Contracepção cirúrgica voluntária
    9. Interações medicamentosas
  3. Paciente com alteração tireoideana
    1. Introdução
  4. Contracepção na tireoidopata
    1. Anticoncepção
  5. Contracepção na hiperprolactinemia
  6. SOP e contracepção

As pacientes endocrinopatas possuem direito à contracepção. Porém muitas vezes a escolha de alguns métodos pode ser problemática. Portanto o médico deve ter cuidado em determinadas patologias, principalmente quando se trata de utilização de anticoncepcionais hormonais. O Diabetes melito (DM) se caracteriza por elevação crônica das glicemias de jejum e/ou pós-prandiais, devido a defeito absoluto ou relativo na produção de insulina ou como conseqüência da diminuição do efeito da insulina. O diabete tipo I (antigamente chamado de diabete juvenil) incide em menos de 10% da população de diabéticos. A incidência é maior entre os 5 e os 15 anos. Mais de 90% dos diabéticos têm diabete melito não insulino-dependente ou tipo II. Freqüentemente se manifesta em pessoas com mais de 40 anos de idade.

[...] A diabética e a contracepção Vários estudos evidenciaram que níveis elevados da glicemia e/ou da hemoglobina glicosilada (HgAlc) durante o período de organogênese a 8 semanas no ser humano) resultam em anomalias fetais específicas. Desde que seja estabelecido um adequado controle metabólico antes da gravidez, o risco de malformações fetais torna-se similar ao dos filhos das mulheres não diabéticas. A diabética e a contracepção Anticoncepção A eficácia é um aspecto importante, em especial nos casos de gravidade do diabetes, com complicações vasculares e que contra-indiquem uma gravidez. [...]


[...] A diabética e a contracepção Interações Medicamentosas Existem dúvidas com relação à possibilidade de inibição da biotransformação dos contraceptivos orais em mulheres que usam hipoglicemiantes (insulina ou orais, como a tolbutamida). Os progestogênios de uso contínuo (minipílula) são alternativas para mulheres diabéticas com contra-indicação ao uso dos estrogênio. Paciente com alteração tireoideana Introdução As doenças da tireóide são as mais comuns na idade reprodutiva. A disfunção tireoidiana não tratada está associada com aumento da morbi-mortalidade fetal. Introdução O hipotireoidismo está freqüentemente associado à anovulação. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas