Ou baixar através de : Permuta

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
UFMG

Informações do trabalho

Data de Publicação
29/06/2007
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
68 diapositivo
Nível
avançado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário

Doença diverticular do cólon

  1. Conceito
  2. Anatomia do intestino grosso
  3. Epidemiologia
  4. Classificação
  5. Etiopatogenia
  6. Diagnóstico
  7. Quadro clínico
  8. Exame físico
  9. Exames laboratoriais
  10. Radiografia simples
  11. Edema opaco
  12. Colonoscopia
  13. Ultra - sonografia transabidominal
  14. Tomografia computadorizada
  15. Angiografia
  16. Diagnóstico diferencial
  17. Complicações
  18. Obstrução intestinal
  19. Colostomia
  20. Colectomia
  21. Diverticulite aguda
    1. Fisiopatologia
    2. Exame Físico
  22. Hemorragia
  23. Hemorragia digestiva baixa
  24. Fístulas
  25. Cistoscopia
  26. Abcessos
  27. Perfuração
  28. Tratamento
  29. Tratamento clínico
    1. Diverticulose sintomática
    2. Diverticulite aguda sem complicações
  30. Tratamento cirúrgico
  31. Cirurgia x tratamento conservador
  32. Cirurgia convencional x laparoscopia

Também chamada de moléstia diverticular ou diverticulose; Presença de divertículos no intestino grosso; Divertículos são protrusões da mucosa através da parede colônica, em pontos de menor resistência. Comprimento: 1,5 a 1,8 metros; Cólon ascendente, cólon transverso, cólon descendente, sigmóide, reto e ânus; Cólons ascendente e descendente e 2/3 finais do reto são retroperitoneais; Parede: Constituída por 3 túnicas e 2 telas; Possui 3 tênias; Cólons com apêndices epiplóicos ou omentais; Vascularização: Bastante regular; Facilita intervenções cirúrgicas;

[...] TRATAMENTO CLÍNICO Na moléstia diverticular hipotônica sem complicações hemorrágicas graves incontroláveis - dieta rica em fibras, umectantes do bolo fecal nos pacientes tensos, associa-se um ansiolítico, tipo lorazepan, a um bloqueador colinérgico, tipo propantelina; Nas hemorragias pequenas e médias - repouso, dieta líquida ou branda sem resíduos e observação; TRATAMENTO CLÍNICO Na hemorragia grave com sinais de hipovolemia, interna-se o paciente e inicia-se reposição sangüínea; A sonda nasogástrica, acompanhada de reposição parenteral, está indicada em casos de vômitos e distensão abdominal. [...]


[...] ANATOMIA DO INTESTINO GROSSO Comprimento: 1,5 a 1,8 metros; Cólon ascendente, cólon transverso, cólon descendente, sigmóide, reto e ânus; Cólons ascendente e descendente e 2/3 finais do reto são retroperitoneais; Parede: Constituída por 3 túnicas e 2 telas; Possui 3 tênias; Cólons com apêndices epiplóicos ou omentais; ANATOMIA DO INTESTINO GROSSO Vascularização: Bastante regular; Facilita intervenções cirúrgicas; ANATOMIA DO INTESTINO GROSSO Drenagem linfática: Começa na rede intramural; Linfáticos epiplóicos; Linfáticos paracólicos; Linfáticos Intermediários; Linfáticos principais; Linfonodos mesentéricos superiores e inferiores; ANATOMIA INTESTINO GROSSO Inervação simpática e parassimpática: Cólons direito e transverso: n. [...]

...

Estes documentos podem interessar a você

Parasitas

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  06/12/2006   |  BR   |   .doc   |   10 páginas

Síndrome hemorrágica digestiva

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  11/05/2007   |  BR   |   .doc   |   22 páginas

Mais Vendidos medicina

Hormônio antidiurético (ADH) ou vasopressina

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo dirigido   |  31/01/2008   |  BR   |   .ppt   |   26 páginas

Avaliação laboratorial das doenças endócrinas

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  13/04/2007   |  BR   |   .ppt   |   37 páginas
Compra e venda de trabalhos acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.