FacilitaJa
Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Doença do refluxo gastroesofágico

Medicina Doença do refluxo gastroesofágico

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
UFMG

Informações do trabalho

Raphael C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
50 diapositivo
Nível
avançado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
1 Avaliaçao cliente
3
escrever um comentário
  1. Doença do Refluxo Gastroesofágico
  2. Sinais e Sintomas
  3. Diagnóstico
  4. Classificação endoscópica da esofagite
  5. Tratamento
  6. Conclusão
  7. Bibliografia

O refluxo gastroesofágico é ocorrência comum que pode ou não ser acompanhado de sintomas, e estar ou não associado a outras doenças, como a hérnia do hiato esofágico. A doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) ocorre devido a disfunção dos mecanismos anti-refluxo. O suco gástrico refluído permanece em contato com o esôfago por tempo suficiente para vencer a resistência de sua mucosa e causar lesão. A hérnia do hiato por deslizamento (HHD) é alteração anatômica (deslizamento gástrico seguindo o mesmo eixo do esôfago) provocada pela diferença entre a alta pressão intra-abdominal e a baixa pressão intra-torácica. Estima-se que a incidência da HHD seja 5 casos para cada 1.000 habitantes, sendo 50 a 100 vezes mais freqüente nos países ocidentais. As hérnias diafragmáticas afetam igualmente ambos os sexos e 60% das pessoas idosas. Embora a HHD não seja causa direta, ela facilita episódios de refluxo gastroesofágico, o que pode determinar o aparecimento de esofagite em alguns pacientes. Muitos dos termos relacionados ao refluxo ácido do estômago para o esôfago são utilizados de forma equivocada.

[...] Tais orientações incluem: elevação da cabeceira da cama (principalmente naqueles com refluxo noturno), não usar roupas apertadas (diminui o refluxo por estresse), evitar consumo de refrigerantes e preferir refeições fracionadas (diminui a distensão e aumento da pressão intragástrica), evitar alimentos que diminuam a pressão do EEI (gordura, chocolate, bebida alcoólica, temperos em geral), diminuir ou eliminar o fumo e emagrecimento para pacientes obesos. Entretanto, devemos lembrar a dificuldade em seguir orientações médicas que determinem alterações no estilo de vida. Pacientes com RGE que procuram auxílio médico provavelmente já experimentaram algum tipo de auto-medicação, que não resultou em alívio sintomático. [...]


[...] A doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) ocorre devido a disfunção dos mecanismos anti-refluxo. O suco gástrico refluído permanece em contato com o esôfago por tempo suficiente para vencer a resistência de sua mucosa e causar lesão. A hérnia do hiato por deslizamento (HHD) é alteração anatômica (deslizamento gástrico seguindo o mesmo eixo do esôfago) provocada pela diferença entre a alta pressão intra-abdominal e a baixa pressão intra-torácica. Estima-se que a incidência da HHD seja 5 casos para cada 1.000 habitantes, sendo 50 a 100 vezes mais freqüente nos países ocidentais. [...]


[...] Sinais e Sintomas Os sintomas não se relacionam com a gravidade da doença e estão presentes em 50% dos episódios de RGE e provavelmente são decorrentes da estimulação de terminações nervosas nas camadas profundas do epitélio esofágico. Tais terminações, quando a proteção mucosa é deficiente, podem ser estimuladas por refluxo ácido ou mesmo alimentos. O RGE pode ainda estar associado a manifestações extra esofágicas: asma, pneumonia de repetição, rouquidão, laringite e faringite. Diagnóstico O diagnóstico é feito, como regra, após 1-3 anos de sintomatologia, e 80% dos pacientes tornam-se assintomáticos com uso de medicação. [...]

...

Estes documentos podem interessar a você

Anti-ulcerosos

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  31/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   30 páginas

Mais Vendidos medicina

Reabsorção dentária em dentes permanentes

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Monografia   |  03/05/2007   |  BR   |   .doc   |   26 páginas