Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Doenças da orelha média

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
UFMG

Informações do trabalho

Raphael C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
44 diapositivo
Nível
avançado
Consultado
106 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Otite média aguda
  2. Otite média aguda na infância
  3. Otite média secretora
  4. Mastoidite aguda
  5. Otite média crônica
  6. Otospongiose (otosclerose)
  7. Malformações congênitas

Otite Média Aguda A otite média aguda (OMA) é uma doença freqüente, particularmente em crianças, e em alguns países representa problema médico-social de extrema gravidade. Existem fundamentalmente dois tipos: a otite média aguda simples  e a otite média aguda supurada. Em qualquer dos casos o tratamento geral é o mais importante, e deve ser feito com antibióticos. Atualmente os resultados obtidos com a amoxicilina pura têm sido inadequados e preferem-se os antibióticos resistentes à ação das ß-lactamases, como as cefalosporinas (Zinnat, Cefamox, Ceclor, Keflex), os novos macrolídeos (Zitromax, Klaricid), ou a associação da amoxicilina com o ácido clavulânico (Clavulin). Analgésicos devem ser associados. Antiinflamatórios não hormonais têm sido prescritos como coadjuvantes do tratamento, mas têm apenas efeito analgésico, sem contribuir para a cura do processo. Se a membrana timpânica estiver congesta, mas sem abaulamento, não há necessidade de tratamento tópico. Se houver abaulamento significativo deve-se considerar a paracentese (miringotomia), cuja função é a de abrir a membrana timpânica em local de fácil cicatrização e evitar a perfuração espontânea, que pode mais facilmente produzir seqüelas.

[...] Otite Média Aguda na Infância Embora os fatores etiológicos da afecção, nas crianças e nos adultas, sejam essencialmente idênticos, a OMA em crianças freqüentemente assume características importantes, ligadas a dois aspectos principais: a presença de infecções repetidas e os distúrbios de aquisição de linguagem relativos à perda auditiva. As crianças pequenas possuem uma tuba auditiva mais horizontal e mais curta que a dos adultos, o que facilita a infecção da orelha média por bactérias da rinofaringe. A hipertrofia da amígdala faríngica (vegetações adenóides) e a hipertrofia e infecções das amígdalas palatinas, também freqüentes na infância, podem facilitar o acesso de germes aos espaços da orelha média. Além disso, a estrutura imunitária das crianças é incompleta, facilitando a infecção quando do contato com bactérias diversas. [...]


[...] Ele consiste na inserção de tubos de ventilação impânica, que permanecem na membrana timpânica durante vários meses, assegurando boa ventilação da orelha média. A OMS pode recidivar após a queda espontânea dos tubos, e nova cirurgia pode tornar-se necessária. A OMS na infância costuma regredir espontaneamente entre os 5 e os 14 anos de idade. Não se deve assumir, contudo, que essa regressão espontânea nos permita descuidar do problema. É importante controlar a audição da criança durante os anos da pré-escola e do curso primário, pois a perda auditiva nessa idade pode acarretar sérias conseqüências educacionais. [...]


[...] A não-supurada é apenas uma seqüela da otite média aguda, em que permaneceu uma perfuração na membrana timpânica e alguns dos elementos da cadeia ossicular foram lesados ou envolvidos em tecido cicatricial. Verifica-se a existência de perda auditiva de grau variável, segundo o tamanho da perfuração e o grau de comprometimento dos ossículos. Na maior parte do tempo não há secreção no meato; às vezes ocorre reacutização, produzida por gripes ou pela entrada de água nos meatos acústicos. A timpanoplastia é recomendada para fechar a perfuração e reconstruir a cadeia ossicular. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas