Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Doenças dos músculos

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
UFMG

Informações do trabalho

Raphael C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
45 diapositivo
Nível
avançado
Consultado
151 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Miopatias genéticas
    1. Distrofias musculares
    2. Síndromes miotônicas
    3. Miopatias metabólicas
  2. Miopatias inflamatórias
  3. Miopatias endócrinas
  4. Miopatias por drogas

1-A - Miopatias Genéticas a - Distrofias musculares A distrofias musculares são doenças genéticas, que apresentam um quadro progressivo de degeneração muscular esquelética sem comprometimento dos neurônios motores periféricos. São classicamente divididas nas formas de Duchenne, de Becker, fácio-escápulo-umeral, das cinturas, e formas oculares, muito embora muitas outras formas existam e novas formas são com freqüência descritas na literatura. Como não há ainda medicação específica para estas moléstias, é fundamental o aconselhamento genético para evitar novos casos numa mesma família. O tratamento baseia-se numa fisioterapia bem orientada, no controle das intercorrências e por vezes em cirurgias ortopédicas corretivas.

[...] Distúrbios do metabolismo dos lipídios: Deficiência de carnitina. A carnitina é uma enzima importante no metabolismo dos lipídios. Existem duas formas desta deficiência enzimática, uma generalizada e outra restrita aos músculos. Ambas são de herança autossômica recessiva. Na forma restrita à musculatura esquelética única que aqui será descrita) o quadro clínico manifesta-se com fraqueza muscular proximal importante associada a fraqueza do pescoço e dos músculos da mastigação. O quadro é em geral lentamente progressivo. A CPK pode estar um pouco elevada, o ECG está na maioria das vezes alterado, a biópsia de músculo mostra um acúmulo lipídico nas fibras do tipo 1 e o estudo bioquímico mostra o defeito enzimático. [...]


[...] Oftalmoplegia exoftálmica em que há fraqueza da musculatura extrínseca dos olhos (os reflexos pupilares estão sempre reservados) associada ao exoftalmo da doença de Basedow-Graves e comprometimento da musculatura inervada pelos pares bulbares. Paralisia periódica hipopotassêmica (não-familiar) que está associada ao hipertiroidismo principalmente em indivíduos orientais. Normalmente o controle do hipertiroidismo é suficiente para o desaparecimemto dos quadros musculares. Hipotiroidismo: Crianças com cretinismo apresentam um quadro em que há hipertrofia muscular e lentidão da contração e do relaxamento. Os músculos hipertrofiados não parecem fracos mas não raramente apresentam cãibras e contraturas. [...]


[...] esquelética sem comprometimento dos neurônios motores periféricos. São classicamente divididas nas formas de Duchenne, de Becker, fácio-escápulo-umeral, das cinturas, e formas oculares, muito embora muitas outras formas existam e novas formas são com freqüência descritas na literatura. Como não há ainda medicação específica para estas moléstias, é fundamental o aconselhamento genético para evitar novos casos numa mesma família. O tratamento baseia-se numa fisioterapia bem orientada, no controle das intercorrências e por vezes em cirurgias ortopédicas corretivas. Distrofia muscular, forma de Duchenne Esta é provavelmente a distrofia muscular mais comum, ocorrendo em aproximadamente 1 em cada 3.000 nascidos do sexo masculino. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Doenças inflamatórias da córnea

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Palestra   |  17/08/2007   |  BR   |   .ppt   |   50 páginas

Adaptações celulares à doença

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  29/10/2008   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas