Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Epidemiologia do Addison

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
ITPAC

Informações do trabalho

Frederico L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
31 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
97 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Fisiologia da adrenal
  3. Histórico
  4. Etiologias
    1. Congênitas
    2. Adquiridas
  5. Quadro clínico
  6. Objetivos do estudo
  7. Resultados

Addison é uma doença caracterizada pela produção insuficiente dos hormônios da glândula supra-renal ou adrenal (glândula situada acima do rim) que apresenta um quadro clínico inespecifico. Foi descrito por um médico inglês chamado Thomas Addison, em 1849, motivo pelo qual leva o seu nome até os dias atuais Etiologias: Congênitas Adquiridas

[...] Quadro clínico Quadro clínico Objetivos do Estudo Mostrar a incidência e a prevalência conforme a etiologia mais comum permitindo diagnóstico; Relatar a morbimortalidade, uma vez que a morte ocorre rapidamente a não ser que seja instituída a terapia adequada; Resultados Estima-se uma prevalência de 90 a 140 por 1 milhão de pessoas; Uma incidência de 4,7-6,2 por milhão por ano no mundo; Resultados Em um estudo, a insuficiência adrenal teve uma prevalência que varia de 0.45 casos por 100.000 habitantes na Nova Zelândia e de 11.7 por 100.000 na Itália; Resultados Nos paises desenvolvidos dos casos são causados pela destruição adrenal autoimune,que é a mais comum nas mulheres 25 a 45 anos, numa taxa de F/M Porém nos paises subdesenvolvidos a causa mais comum é a tuberculose com prevalência no sexo masculino; Resultados Em Melbourne, Austrália, a CAH é formulada como insuficiência adrenal preliminar nas crianças,com uma incidência de 1 em a vivos; Resultados A insuficiência adrenal secundária é muito mais freqüente e tem um prevalência estimada de 150 a 280 por 1 milhão pessoas e é causada pela suspensão abrupta da terapia com glicocorticóide ou no stress quando em doses supressoras; Resultados Nas crianças com Insuficiência adrenal secundária, em tratamento com o hormônio do crescimento, estudos relataram aumento na mortalidade comparado com a população geral entre 1960 e 1990 na Inglaterra, Canadá e EUA; Estas mortes foram vistas nos indivíduos de todas as idades e foram associadas com uma variedade das causas de hipopituitarismo; Resultados Na experiência dos EUA das mortes eram repentinas e inexplicáveis, destes foram ditos ocorrer nos indivíduos com deficiência pituitária e a morte estava associada com uma doença intercorrente; Resultados Crianças com 2 anos de idade e com deficiência GH e hipoglicemia entra no grupo de risco(tendo aumento na mortalidade de 10 Resultados A taxa de morte nas crianças com histórico de hipoglicemia, que tinham 6 anos de idade, eram de 1 a cada 31-54 paciente/anos; Resultados Após 6 anos de idade, a mortalidade resultante da insuficiência adrenal secundária declinou ligeiramente mas remanesceu razoavelmente constante a cada 113-173pacientes/anos). [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas