Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Farmacologia das drogas disponíveis para o tratamento da insuficiência coronariana

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
ITPAC

Informações do trabalho

Frederico L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
66 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Tratamento da insuf. coronariana
    1. objetivos
  2. Tratamento clínico
    1. Não farmacológico
    2. Farmacológico
  3. Nitratos
    1. Justificativa como antianginosos
    2. Estrutura química
    3. Mecanismo de ação
    4. Efeito na demanda miocárdica de oxigênio
    5. Efeito sobre o fluxo coronariano
    6. Outros efeitos
  4. Mecanismos de alívio dos sintomas de angina
  5. Nitratos - vias de administração
    1. Emergência
    2. Urgência
    3. Manutenção
    4. Mecanismo de tolerância
    5. Efeitos colaterais
    6. Contra-indicações
    7. Usos terapêuticos
  6. Betabloqueadores
    1. Drogas disponíveis
    2. Receptores adrenérgicos
    3. Mecanismo de ação
    4. Efeitos
    5. Cardiosseletivos (?-1)
    6. Não-cardiosseletivos (?-1, ?-2)
    7. Atividade simpaticomimética intrínseca
    8. Contra-indicações
    9. Efeitos colaterais
    10. Retirada da droga
    11. Nitrato e ?-bloqueador
    12. Bloqueadores do canal de cálcio e ?-bloqueador
  7. Bloqueadores dos canais de cálcio
    1. Diidropiridinas
    2. Não-diidropiridinas
    3. Mecanismo de ação
    4. Efeitos
    5. Contra-indicação
    6. Cuidado
    7. Efeitos colaterais
  8. Antiagregantes plaquetários
    1. Drogas disponíveis
  9. Ácido acetil-salicílico
    1. Mecanismo de ação
    2. Indicação
    3. Contra-indicação
    4. Efeitos colaterais
  10. Ticlopidina
    1. Mecanismo de ação
    2. Indicação
    3. Efeitos colaterais
  11. Clopidogrel
    1. Mecanismo de ação
    2. Indicação
    3. Contra-indicação
    4. Efeitos colaterais
  12. Abciximab
    1. Mecanismo de ação
    2. Indicação
    3. Contra-indicação
  13. Trombolíticos
    1. Drogas disponíveis
    2. Mecanismo de ação
    3. Diferenciar
    4. Quando usar?
    5. Reconhecimento da reperfusão (iam)
    6. Contra-indicação
    7. Efeitos colaterais
    8. Comparação
  14. Redutores de colesterol: estatinas
    1. Drogas disponíveis
    2. Mecanismo de ação
    3. Absorção
    4. Via de eliminação
    5. Metabolismo
    6. Administração
    7. Efeitos colaterais
    8. Contra-indicação

OBJETIVOS: Aliviar os sintomas Prevenir o IAM Prevenir a morte súbita cardíaca Melhorar a qualidade de vida Aumentar a expectativa de vida Reduzir a mortalidade Não farmacológico: Parar de fumar. Controlar a Pressão Arterial. Controlar os níveis de LDL-colesterol (manter < 100 mg%) e de HDL-C (manter acima de 45 mg%). Controlar o Diabetes Mellitus (manter glicemia < 110 mg%). Exercício físico regular - aumenta o HDL-colesterol e a reserva coronariana. Reduzir a obesidade Farmacológico: Nitratos Betabloqueadores Bloqueadores dos canais de cálcio Inibidores da agregação plaquetária Trombolíticos Redutores de Colesterol

[...] Reduzir a obesidade NITRATOS Nitratos JUSTIFICATIVA COMO ANTIANGINOSOS Reduzem a Pré-carga Reduzem a Pós-carga Dilatam as artérias coronarianas Inibem a agregação plaquetária Nitratos Nitratos ESTRUTURA QUÍMICA Nitratos EFEITO NA DEMANDA MIOCÁRDICA DE OXIGÊNIO: Consumo miocárdio de O2: Pré-Carga e Pós-Carga Frequência Cardíaca Contratilidade Miocárdica Nitratos EFEITO SOBRE O FLUXO CORONARIANO: Vasodilatação Epicárdica Redução das pressões sistólica e diastólica Aumenta o gradiente de perfusão Redistribuição do fluxo coronariano para áreas isquêmicas (circulação colateral) Aumento da diferença de pressão entre os sistemas arterial e venoso Efeito venodilatador > arteriodilatador na circulação coronariana Nitratos EFEITO SOBRE O FLUXO CORONARIANO Nitratos Mecanismos de alívio dos sintomas de angina Aumento do trabalho cardíaco Aumento do consumo de O2 Nitratos - Vias de Administração Emergência Intravenosa Crises agudas Início de ação imediato Urgência Spray ou sublingual Crises agudas Sem metabolismo de primeira passagem Manutenção Oral Profilaxia prolongada Gera tolerância a longo prazo Transdérmica Profilaxia prolongada Absorção gradual em 24 horas Gera tolerância Nitratos Exposição freqüente ou a altas doses de nitrato Saturação dos receptores sulfidrilas nas células Tolerância ao efeito vasodilatador dos nitratos BETABLOQUEADORES Betabloqueadores DROGAS DISPONÍVEIS: Atenolol . [...]


[...] Coronariana Precipitar o IAM Morte súbita Causa da reação é desconhecida Aumento da sensibilidade dos ?-receptores cardíacos ou geração de receptores adicionais regulation?) Betabloqueadores NITRATO E ?-BLOQUEADOR Eficaz no tratamento de angina de esforço típica O ?-bloqueador inibe taquicardia reflexa e os efeitos inotrópicos positivos associado ao nitrato O nitrato atenua o aumento de volume diastólica do ventrículo esquerdo por aumentar a capacitância venosa BLOQUEADORES DO CANAL DE CÁLCIO E ?-BLOQUEADOR Não associar Verapamil/Diltiazem x ?-Bloqueador Nifedipina/Nitrato Taquicardia reflexa BLOQUEADORES DOS CANAIS DE CÁLCIO Bloqueadores dos Canais de Ca Bloqueadores dos Canais de Ca MECANISMO DE AÇÃO Bloqueio da entrada do íon cálcio ao longo dos ?canais lentos?, através das membranas celulares do músculo liso, cardíaco e vascular. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas