Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Traumatismo cranioencefálico na criança

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
UFMG

Informações do trabalho

Raphael C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
45 diapositivo
Nível
avançado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Lesões do Couro Cabeludo
  3. Lesões Ósseas
  4. Lesões Meníngeas
  5. Lesões Intracranianas
  6. Conclusões
  7. Referências

Introdução O estudo do traumatismo cranioencefálico (TCE) na criança apresenta a mesma importância já referida em relação ao adulto, salientando-se a grande incidência do TCE leve, devido às freqüentes quedas de pequena altura a que as crianças estão sujeitas. O TCE em crianças, especialmente nos lactentes, apresenta características diferentes das observadas no adulto. Estas diferenças são devidas à maior flexibilidade do crânio das crianças, pela fusão incompleta dos ossos, às diferentes reações do encéfalo ao traumatismo e, especialmente, à maior plasticidade do sistema nervoso da criança, que permite maior recuperação da função cerebral em relação ao adulto. Lesões do Couro Cabeludo A. Contusão. É freqüente nas crianças, devido ao TCE leve. Como no adulto, o tratamento é sintomático. B. Laceração. É também bastante freqüente e apresenta como maiores complicações a hemorragia e a infecção. O tratamento consiste na limpeza cuidadosa e sutura da ferida, após retirada de corpos estranhos e desbridamentos dos tecidos contundidos.

[...] O tratamento é cirúrgico: consiste na abertura do cisto e na correção das falhas dural e óssea. Lesões Intracranianas A. Contusão cerebral. É a entidade anatomopatológica mais freqüente entre as decorrentes do TCE, incluindo-se sob este título a concussão cerebral, a contusão cerebral propriamente dita e a laceração cerebral. A concussão cerebral é caracterizada por distúrbio temporário da função cerebral, de instalação súbita, ocorrendo após o traumatismo craniano, não havendo lesão estrutural do sistema nervoso. Lesões Intracranianas Esta é a entidade mais freqüentemente observada na criança, a qual normalmente denominamos TCE leve. [...]


[...] Estas diferenças são devidas à maior flexibilidade do crânio das crianças, pela fusão incompleta dos ossos, às diferentes reações do encéfalo ao traumatismo especialmente, à maior plasticidade do sistema nervoso da criança, que permite maior recuperação da função cerebral em relação ao adulto. Lesões do Couro Cabeludo A. Contusão. É freqüente nas crianças, devido ao TCE leve. Como no adulto, o tratamento é sintomático. B. Laceração. É também bastante freqüente e apresenta como maiores complicações a hemorragia e a infecção. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas