Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Traumatismo da uretra

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
UFMG

Informações do trabalho

Raphael C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
31 diapositivo
Nível
avançado
Consultado
150 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Etiologia
  3. Diagnóstico
  4. Tratamento
  5. Complicações
  6. Ruptura Espontânea da Uretra
  7. Conclusão
  8. Referências

Introdução Didaticamente, a uretra compõe-se de três partes: a prostática, a membranosa e a esponjosa. As partes prostática e membranosa constituem a uretra posterior, que se estende do colo vesical ao diafragma urogenital. A parte esponjosa, portanto distal ao diafragma urogenital, é a uretra anterior, que pode ser subdividida em duas porções: bulbar e peniana. O traumatismo da uretra não é muito freqüente, e pode ser externo (aberto ou fechado) ou interno. Do ponto de vista de sua origem, pode ser acidental ou iatrogênico. Quanto à sua localização e apresentação, a lesão pode ser encontrada na região anterior ou posterior, acometendo parte (parcial) ou todas (total) as camadas da parede e um segmento (incompleta) ou toda a circunferência (completa) do órgão. As lesões são de vários tipos: contusão, ferida, ruptura, laceração e perfuração. Somente a contusão da uretra não apresenta solução de continuidade na parede uretral.

[...] Tratamento As rupturas da uretra posterior são tratadas somente com cistostomia. Não há necessidade de se drenar o espaço retropúbico. Às vezes, a intervenção do ortopedista é útil para o tratamento correto da fratura da bacia. Tratamento O paciente permanece com a cistostomia em drenagem contínua por 30 dias e em uso de antibiótico de largo espectro por uma semana. Posteriormente, ele é mantido com quimioterápicos (sulfas-nitrofuranos). Por volta do 30º dia, o paciente é submetido a uma uretrografia retrógrada, que dita a conduta a ser seguida. [...]


[...] O traumatismo da uretra não é muito freqüente, e pode ser externo (aberto ou fechado) ou interno. Do ponto de vista de sua origem, pode ser acidental ou iatrogênico. Introdução Quanto à sua localização e apresentação, a lesão pode ser encontrada na região anterior ou posterior, acometendo parte (parcial) ou todas (total) as camadas da parede e um segmento (incompleta) ou toda a circunferência (completa) do órgão. As lesões são de vários tipos: contusão, ferida, ruptura, laceração e perfuração. Somente a contusão da uretra não apresenta solução de continuidade na parede uretral. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas