Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Aspectos gerais sobre as fases do ciclo menstrual

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
ITPAC

Informações do trabalho

Frederico L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
11 páginas
Nível
Especializado
Consultado
376 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. As fases
  2. A fase folicular
  3. Folículo primordial
  4. Folículo pré-antral
  5. Folículo antral
  6. Folículo dominante
  7. Produção hormonal no folículo da fase folicular
  8. Outras substâncias além dos hormônios
  9. Folículo pré-ovulatório
  10. A ovulação
  11. A fase lútea
  12. Alterações no endométrio

Todos os meses, o corpo feminino se prepara para a gestação, entretanto, a sociedade fez com que a mulher desperdiçasse a maior parte desses momentos, fazendo do convívio com a menstruação uma tarefa árdua, frustrante.
A compreensão da fisiologia do ciclo se dá por diversos fatores entre eles a diversidade de patologias ligadas à alteração do ciclo e seus componentes.
O ciclo menstrual ocorre devido a fatores controlados por determinados hormônios que possuem uma variação cíclica, cuja principal função é preparar o organismo para a gestação, controlando, principalmente, a ovulação e o aporte nutricional para o futuro embrião.
Os hormônios em questão são:
FSH (hormônio folículo estimulante): produzido e liberado pela adeno-hipófise, o FSH tem como principal função iniciar o amadurecimento dos óvulos no ovário (apenas alguns por mês)
LH (hormônio luteinizante): também produzido e liberado pela adeno-hipófise, este hormônio visa terminar o amadurecimento do óvulo e estimular sua liberação para o útero;
Durante o amadurecimento do óvulo, as células próximas a ele passam a produzir: Estrogênio: hormônio que, durante a adolescência é responsável pelos caracteres sexuais femininos como desenvolvimento das mamas e de alguns tecidos adiposos, amadurecimento dos órgão s sexuais, passa e ser responsável pelo início da formação do endométrio (tecido responsável pela fixação do óvulo no útero e da sua nutrição enquanto a placenta ainda não estiver devidamente formada e que é totalmente eliminado a cada menstruação).
O outro hormônio produzido é a Progesterona: também responsável, durante a adolescência, pelo surgimento dos caracteres sexuais femininos, mas que, durante o ciclo menstrual, conclui e desenvolvimento do endométrio.
As células ovarianas que estavam próximas aos óvulos em desenvolvimento perdem sua função secretora de estrogênio e progesterona cerca de 8-10 dias após a ovulação.
Com a queda destes hormônios, bloqueia-se a irrigação sangüínea do endométrio levando à morte do mesmo e sua posterior expulsão por meio das contrações uterinas. Portanto o ciclo é constituído de fases e neste trabalho tentaremos conhecê-la um pouco mais.

[...] Também inibem formação do receptor de LH. O sucesso de um folículo depende, portanto, da sua capacidade de transformar um microambiente androgênico em estrogênico. Folículo antral Sob a influência do FSH e estrógeno há um aumento na produção do líquido folicular que vai se acumular nos espaços intracelulares, que vão se coalescer e formar o antro. Na presença de FSH o estrógeno se torna a substância dominante. O LH não está normalmente presente no líquido folicular até o meio do ciclo. [...]


[...] Diversos fatores de crescimento: agem localmente e modulam a proliferação e diferenciação celular; Folículo pré-ovulatório As células da granulosa aumentam mais e adquirem inclusões de lipídeos, a teca se torna vacuolada e ricamente vascular, e a massa de células da granulosa que contém o ovócito fica localizada em um pólo do folículo. A produção de estrógeno está cada vez maior (pico dois dias antes da ovulação). Como já dito, o estrógeno em concentrações elevadas exerce feedback positivo sobre a liberação de LH. [...]


[...] As fases O ciclo menstrual é composto por 2 fases, a fase lútea que geralmente é constante e dura cerca de 14 dias e a fase folicular que chega a durar de 10 a 16 dias, sendo a responsável pela duração total. Aspectos embriológicos Entre a sexta e oitava semana embrionária começa rápida divisão mitótica. Entre 16a. e 20a. semana chega ao máximo: seis a oito milhões. No nascimento são dois milhões. Na puberdade 300-400 mil. Por mês são recrutados aproximadamente 1000 folículos, sendo que geralmente apenas um torna-se maduro. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas