Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Choque

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
ITPAC

Informações do trabalho

Frederico L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo
Número de páginas
42 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
2 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
    1. O que é choque?
    2. Causas e mecanismo básico
    3. Consequências do choque
    4. Classificação
    5. Correlação
    6. Sintomas que antecedem o choque
    7. Sinais e sintomas gerais
  2. Choque Hipovolêmico
    1. Definição
    2. Fisiopatologia envolve
    3. Manifestações clínicas
  3. Choque Cardiogênico
    1. Definição
    2. Fisiopatologia
    3. Manifestações clínicas
  4. Choque Distributivo
    1. Definição
    2. Fisiopatologia
    3. Fase Hiperdinâmica
    4. Fase Hipodinâmica
  5. Choque Neurogênico
    1. Definição
    2. Causas
    3. Fisiopatologia
    4. Manifestações clínicas
  6. Choque Anafilático
    1. Definição
    2. Manifestações clínicas
  7. Choque Séptico
    1. Definição
    2. Etiopatogenia
  8. Choque da SIRS
    1. Definição
    2. Fisiopatologia
    3. Manifestações clínicas
    4. Complicações do choque
    5. Diagnóstico
    6. Exames complementares
  9. Conclusão
  10. Bibliografia

O que é choque? A palavra choque, de origem anglo-saxônica: SHOCK, foi utilizada primeiramente, em 1743, por Sparrow. Desde então até o final do século 19, sua definição era feita em bases estritamente clínicas. John Collins, 1895 Uma pausa no ato de morrer caracterizada por sudorese fria e pegajosa e um pulso radial fraco e filiforme. Século passado Sinônimo de hipotensão arterial 1919 Surge a noção de hipoperfusão tecidual, como substrato de choque. Após 2ª guerra Surge tratamento vigoroso e imediato do choque hipovolêmico, sobretudo por infusão agressiva de fluidos.

[...] coli , Klebisiela, Proteus etç) Vírus ( 10 a 20% dos casos ) Ricketsias Protozoários Metozoários Iatrogênica Choque da SIRS Definição: A síndrome inflamatória de resposta sistêmica é uma resposta a dano tecidual difuso, causado por um processo inflamatório. Fisiopatologia Choque Séptico e da SRIS Diagnóstico Os métodos diagnósticos tem os seguintes objetivos: *Análise de sinais e sintomas; Exame físico Geral ( PA, pulso, respiração, extremidades, mucosas, nível de consciência, sensibilidade, reflexos, motricidade ) *Reconhecer a síndrome e distingui-lá de outras condições; Determinar a etiologia *Identificar os distúrbios fisiopatológicos básicos, responsáveis por sua instalação; *Avaliar os componentes do sistema de transporte de O2; PVC débito urinário análise laboratorial, Swan-ganz *Verificar as complicações; *Avaliar a resposta ao tratamento. [...]

Estes documentos podem interessar a você

"Os choques do petróleo, o II PND e a estagnação dos anos 80"

 Economia e finanças   |  Economia   |  Estudo   |  28/05/2007   |  BR   |   .ppt   |   46 páginas

Choque cardiogênico

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo dirigido   |  11/07/2007   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas