Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Clínica médica na Bandeira Científica

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
medicina
Faculdade
FASEP

Informações do trabalho

Bernardo P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo
Número de páginas
57 diapositivo
Nível
Para todos
Consultado
84 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
1 Avaliaçao cliente
3
escrever um comentário
  1. Clínica Médica
  2. Clínica Médica - Hipertensão Arterial
    1. História médica
    2. Exame clínico
    3. Laboratório (avaliar LOA, fatores de risco e causas secundárias)
    4. Não farmacológico - comprovadamente eficazes
    5. Farmacológico
    6. Plano terapêutico
  3. Clínica Médica - Diabetes Mellitus
    1. Diagnóstico de diabetes
    2. Diagnóstico de glicemia de jejum alterada
    3. Diagnóstico de tolerância à glicose diminuída
    4. Recomendações para o tratamento
    5. Princípios do plano alimentar
  4. Clínica Médica - Dispepsia
    1. Diagnósticos principais
    2. Sinais de alarme
    3. Bloqueadores H2
    4. Bloqueadores de bomba de prótons
    5. Outras drogas
  5. Clínica Médica -Dor torácica
    1. Várias causas possíveis
    2. Investigação
  6. Clínica Médica -Verminoses
    1. Vários vermes infestam os brasileiros
    2. Drogas
  7. Clínica Médica -Cefaléia
    1. Cefaléias primárias
    2. Cefaléias secundárias
    3. Enxaqueca
    4. Cefaléia tensional
    5. Drogas
  8. Clínica Médica - Lombalgia
    1. Lombalgia aguda
    2. Lombalgia associada a radiculopatia
    3. Lombalgia associada a doenças potencialmente graves (fratura, câncer)
    4. Tratamento
  9. Conclusão
  10. Bibliografia

queixas (e problemas) mais prevalentes: hipertensão arterial lombalgia precordialgia dores difusas diabetes mellitus Dispepsia Cefaléia Tontura Clínica Médica - Hipertensão Arterial pressão arterial maior que 140x90mmHg pelo menos duas medidas em ocasiões separadas ou uso de medicação anti-hipertensiva uso de técnica adequada NÃO HÁ QUADRO CLÍNICO!!! 95% dos casos são primários (5% secundários) é fator de risco importante para doença cardiovascular causa lesões em órgãos-alvo (retinopatia, vasculopatia, cardiopatia, nefropatia)

[...] Clínica Médica - Hipertensão Arterial 95% dos casos são primários secundários) é fator de risco importante para doença cardiovascular causa lesões em órgãos-alvo (retinopatia, vasculopatia, cardiopatia, nefropatia) Clínica Médica - Hipertensão Arterial História médica: duração e níveis da pressão história de sintomas de DCV, ICC, IR, doença vascular periférica, diabetes, dislipidemia, disfunção sexual, gota, outras doenças história familiar sintomas sugestivos de causas secundárias situação do peso, hábitos, atividade física Clínica Médica - Hipertensão Arterial História médica: história dietária (sal, gordura, álcool, cafeina) uso de medicações, inclusive medicações sem prescrição ou produtos ?naturais?, chás uso de drogas ilícitas relato de tratamentos prévios (efeitos colaterais e efetividade) história psico-social Clínica Médica - Hipertensão Arterial Exame clínico: medida nos dois braços (usar a maior) altura, peso e circunferência abdominal fundoscopia pescoço: tireóide, jugulares, carótida coração: ritmo, íctus, sopros, sons adicionais pulmões: estertores, roncos e sibilos abdomen: sopros, massas, aorta exame neurológico Clínica Médica - Hipertensão Arterial Laboratório (avaliar LOA, fatores de risco e causas secundárias) exame sumário de urina, hemograma, sódio, creatinina, glicose de jejum, colesterol total e HDL, eletrocardiograma Opcionais: ecocardiograma, depuração da creatinina, microalbuminúria, proteína urinária de 24 cálcio, ácido úrico, triglicérides, LDL, hormônios tireoidianos Clínica Médica - Hipertensão Arterial Clínica Médica - Hipertensão Arterial Clínica Médica - Hipertensão Arterial Não farmacológico - comprovadamente eficazes dieta hipossódica perda de peso exercício físico reduzir consumo de álcool Clínica Médica - Hipertensão Arterial Não farmacológico - possivelmente eficazes ou não diretamente relacionados ao controle da pressão Suplementar cálcio e potássio na dieta Dieta hipogordurosa Redução do estresse Parar de fumar Clínica Médica - Hipertensão Arterial Farmacológico diuréticos tiazídicos (hidroclorotiazida, clortalidona) betabloqueadores (propranolol, atenolol) inibidores da enzima conversora (captopril, enalapril) bloqueadores de canais de cálcio (nifedipina nas formas de longa duração, amlodipina) antagonistas do receptor de angiotensina II (losartan, ibesartan) Clínica Médica - Hipertensão Arterial Farmacológico - outras drogas alfabloqueadores centrais (clonidina e metildopa) vasodilatadores periféricos (prazosin, hidralazina, minoxidil) diuréticos de alça e poupadores de potássio Clínica Médica - Hipertensão Arterial Plano terapêutico: Iniciar medidas higieno-dietéticas Quando indicado, drogas Uma das cinco classes (preferência tiazídico) Hipertensão grau II e III - iniciar com combinação de drogas em baixas doses Avaliar em 4 semanas Clínica Médica - Hipertensão Arterial Após 4 semanas, se teve controle, manter Se não, avaliar: sucesso parcial: aumentar a dose ou associar sem sucesso ou efeitos colaterais importantes: trocar de droga ou associação Após mais 4 semanas, ainda não controlado: associar mais drogas dentre as cinco classes se necessário, associar outras classes Clínica Médica - Diabetes Mellitus Diagnóstico de diabetes Glicemia de Jejum > 126 mg/dL ou Glicemia casual > 200 mg/dL (com sintomas) ou Teste sobrecarga glicose - 2h > 200 mg/dL Clínica Médica - Diabetes Mellitus Diagnóstico de glicemia de jejum alterada Glicemia de Jejum entre 100 -126 mg/dL e Teste sobrecarga glicose -2h < 140 mg/dL Diagnóstico de tolerância à glicose diminuída Glicemia de Jejum < 126 mg/dL e Teste sobrecarga glicose - 2h entre 140-200 mg/dL Clínica Médica - Diabetes Mellitus Diagnóstico de Diabetes Mellitus deve sempre ser confirmado pela repetição do teste em outro dia, a menos que haja hiperglicemia inequívoca com descompensação metabólica aguda ou sintomas óbvios de DM (poliúria, polidipsia e perda inexplicada de peso). [...]


[...] Clínica Médica - Dispepsia Outras drogas: pró-cinéticos: metoclopramida, cisaprida, bromoprida, domperidona antiácidos: hidróxido de Al, Mg, carbonato de cálcio Clínica Médica -Dor torácica Uma das queixas mais prevalentes em serviços de emergência Várias causas possíveis: cardíacas - insuficiência coronariana, pericardite, estenose aórtica, prolapso de mitral vasculares - dissecção da aorta, embolia pulmonar pleuropulmonares - pleurite, pneumonia, neoplasia de pulmão, infarto pulmonar, pneumotórax Clínica Médica -Dor torácica Neuromusculoesqueléticas - osteoartropatias da coluna, neurite (hérpes zóster), costocondrite digestivas - alterações de motilidade esofágica, refluxo gastroesofágico, úlcera péptica, colecistopatia, pancreatite psíquicas Clínica Médica -Dor torácica Investigação: anamnese: características da dor, fatores e doenças associados, fatores de risco para DCV exame clínico: sinais vitais, exame cardíaco, pulmonar, abdominal, vasos periféricos, exame osteoarticular exames complementares: ECG, radiografia, enzimas cardíacas e outros exames cardíacos, EDA, US abdominal Clínica Médica -Verminoses Vários vermes infestam os brasileiros: ascaris trichiurus strongyloidis ancylostoma larva migrans taenia schistosoma Clínica Médica -Verminoses As doenças causadas por nematódeos (ascaridíase, ancilostomíase, estrongiloidíase) cursam com anemia, além de sinais inespecíficos gastrointestinais (náuseas, dores difusas, empaxamento, diarréia) Clínica Médica -Verminoses Drogas mebendazol, albendazol, canbendazol, tiabendazol efetivos para nematódeos mebendazol 100mg, 12/12h dias albendazol 400mg dose única (para cistos hidáticos - 800mg dia por 28 dias Clínica Médica -Verminoses Drogas: praziquantel esquistossomose (40mg/kg divididos em 2 doses com intervalo de 6 horas) ivermectina oncocercose, escabiose (150mcg/kg) derivados de piperazina filariose Clínica Médica -Cefaléia Diferenciar entre cefaléias primárias e secundárias Cefaléia de início recente Mudança de padrão Alterações no exame neurológico (sensibilidade, coordenação, motricidade, nervos cranianos, reflexos) Clínica Médica -Cefaléia Cefaléias primárias: Enxaqueca Tensional Cefaléia em salvas Cefaléia associada a tosse, atividade sexual e exercício Clínica Médica -Cefaléia Cefaléias secundárias: superdosagem de medicação analgésica cervicogênica trigeminalgia pós-herpética Clínica Médica -Cefaléia Enxaqueca: 5 ataques 4-72 >15 dias/mês pelo menos 2 das características: unilateral, pulsátil, moderada a grave, piora com atividade pelo menos um concomitante: náuseas, foto e fonofobia não é secundária Clínica Médica -Cefaléia Enxaqueca com aura: 2 ataques sintomas visuais, sensoriais ou fala (sem alt motora) pelo menos 2 das características: sintomas visuais ou e ou sensitivos ou aparecimento gradual 5-60 min enxaqueca (como sem aura) até 60 min após a aura Clínica Médica -Cefaléia Cefaléia tensional 10 episódios (<1/mês- episódica infrequente; 1-14/mês- frequente; crônica) 30 min a 7 dias Pelo menos duas das características: não-pulsátil média a moderada intensidade bilateral não piora com atividade Sem náuseas, sem foto/fonofobia Clínica Médica -Cefaléia Drogas: antidepressivos beta-bloqueadores anticonvulsivantes analgésicos/anti-inflamatórios derivados do ergot bloqueadores canais de cálcio (verapamil, flunarizina) antagonistas de serotonina (metisergida) Clínica Médica - Lombalgia Lombalgia aguda: Idade entre 20-55 anos. Dor na região lombo-sacra, nádegas ou coxas. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas