Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Coma - visão neurológica

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
UFMG

Informações do trabalho

Raphael C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo
Número de páginas
38 diapositivo
Nível
avançado
Consultado
195 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Respiração de Cheyne-Stokes
  3. Respiração apnêustica
  4. Hiperventilação
  5. Exame neurológico
  6. Mioclonias
  7. Classificação clínica dos comas
  8. Coma profundo
  9. Diagnóstico diferencial
  10. Hipersonia
  11. Exames complementares
  12. Tratamento
    1. Medidas gerais

Estar consciente é estar ciente de si e do meio que o cerca, correspondendo, na prática neurológica, ao estado de alerta com responsividade a vários estímulos. O coma é o estado clínico resultante da diminuição ou perda da consciência, que habitualmente dura horas ou dias, quando reversível. Freqüentemente não se consegue interrogar o paciente, entretanto, importantes informações podem ser prestadas por familiares e/ou acompanhantes. Deve ser questionado o modo de instalação da inconsciência.Comas decorrentes de acidente vascular cerebral são, habitualmente, de instalação muito rápida, enquanto que os decorrentes de processo expansivo intracraniano instalam-se de modo mais lento e progressivo. Antecedentes de cefaléia podem ser relevantes. Cefaléia persistente, crônica, de intensidade crescente, acompanhada por vômitos, sugere processo expansivo intracraniano. Cefaléia de ocorrência súbita, com sinais de irritação meníngea, sugere hemorragia subaracnoídea. Cefaléia, vômitos, fotofobia e febre sugerem meningoencefalite.

[...] Exame neurológico: independente da etiologia o coma manifesta-se por sinais de comprometimento encefálico. A presença de sinais focais sugere afecção neurológica subjacente. Patologias extracranianas (hipoglicemia, insuficiência hapática) podem determinar a presença de sinais focais, como hemiplegias, mas muito menos freqüentemente. Inspeção: paciente em decúbito confortável como no sono, olhos fechados, bocejos eventuais, indicam inconsciência não muito profunda. Ao contrário, pálpebras e boca abertas indicam inconsciência mais profunda. Agitação psicomotora, que não costuma ocorrer em comas hipoglicêmicos e em intoxicação barbitúrica, exige a contenção do paciente ao leito. [...]


[...] Contudo, os quadros mais completos dessa síndrome são decorrentes de lesões periféricas do sistema nervoso simpático. Condição unilateral de pupila midriática, não reativa à luz, é sinal de lesão do III nervo craniano, ocorre freqüentemente como manifestação de hérnia no lobo temporal. Ptose palpebral e estrabismo divergente podem estar presentes nesses casos, indicando lesão completa daquele nervo. Midríase bilateral e fixa (não reativa à luz) ocorre em anóxias graves, comas ?dépassés? e nas intoxicações atropínicas. Habitualmente nos comas metabólicos as pupilas são isocóricas e o reflexo fotomotor está presente. [...]


[...] Equimose bipalpebral, otorragia, hemorragia nasal, também sugerem fratura da base do crânio. Em crianças, fontanelas tensas ou abauladas indicam hipertensão intracraniana ou coleção subdural; som de pote rachado à percussão do crânio e aumento do perímetro cefálico indicam hidrocefalia. A presença de pus nos ouvidos pode sugerir meningoencefalite ou abscesso cerebral. Sinais de mordedura de língua, hipertrofia gengival (uso crônico de hidantoinato) sugerem crises convulsivas. Os hálitos hepático, urêmico, cetoacidótico ou alcoólico podem sugerir a etiologia do coma. Pescoço: rigidez de nuca associada, ou não, aos sinais de Kernig e Brudzinski, geralmente traduz irritação meníngea (hemorragia subaracnoídea, meningite) ou herniação das amígdalas cerebelares pelo forame magno. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas