Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Descobertas genéticas

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
medicina
Faculdade
PUCPR

Informações do trabalho

Carolina F.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
11 páginas
Nível
Para todos
Consultado
144 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Histórico das descobertas genéticas
  2. Conceitos básicos
  3. Tecnologia do DNA recombinante
  4. Enzimas de restrição
  5. DNA ligase
  6. Transformação bacteriana
  7. Vetores

O bioquímico suíço, Werner Arber, descobriu as enzimas de restrição: ?Observei que um vírus que se reproduzia em determinada bactéria encontrava barreiras para seu desenvolvimento e crescimento se era passado para outra bactéria. E quando era devolvido à bactéria de origem também não crescia. Pensei que havia uma modificação genética do vírus, não no DNA, mas sim em uma enzima do vírus". Essa descoberta revolucionou a biologia molecular, pois possibilitou a montagem de moléculas de DNA recombinante.
A manipulação genética compreende quatro fases: escolha do fragmento de DNA a ser utilizado, corte deste fragmento, sua transferência e inserção no genoma de determinada célula e, finalmente, seleção das células que possuem as moléculas do clone desejado. As enzimas de restrição são responsáveis pela fragmentação do DNA e estes fragmentos podem ser usados para determinar a ordem dos genes em cromossomos, analisar sua estrutura química e a de regiões do DNA que regulam as funções genéticas, além de possibilitar a criação de novas combinações de genes

[...] Os íons Ca+2 formam um complexo com este grupamento, cobrindo as cargas negativas, facilitando agora a atração eletrostática com as moléculas do DNA na zona de adesão. O choque térmico, complementa este processo de captação, provavelmente criando um desbalanço térmico entre o interior e o exterior da célula bacteriana, auxiliando o bombeamento do DNA através da zona de adesão VETORES 7.1 PLASMÍDEO São pequenas moléculas de DNA dupla fita, contendo os elementos necessários para a sua replicação e pelo menos um gene que confere resistência a antibiótico. [...]


[...] Uma vez cortados, os fagos se tornam inofensivos. As bactérias possuem um mecanismo de defesa de suas próprias enzimas de restrição e são capazes de distinguir o DNA exógeno (do fago) de seu próprio DNA, através da modificação química de seu DNA após a síntese. Esta modificação consiste na adição de um radical metil em nucleotídeos específicos ao longo da fita de DNA. Esse processo é chamado de metilação. Uma vez metilados, os nucleotídeos estão protegidos de serem digeridos pela enzima de restrição. [...]


[...] O sítio de reconhecimento deste tipo de enzima é normalmente uma seqüência palindrômica, isto é, ela tem um eixo de simetria e a seqüência de bases de uma fita é a mesma da fita complementar, quando lida na direção oposta HISTÓRICO DAS DESCOBERTAS GENÉTICAS Quando em abril de 1953, James Watson (biólogo norte-americano) e Francis Crick publicaram na revista Nature uns pequenos artigos de uma página descrevendo a estrutura de uma molécula de DNA, talvez não tivessem idéia dos rumos que tomaria a biologia dali em diante, afinal, cerca de cinqüenta anos depois ambos seriam testemunha da conclusão do sequênciamento do genoma humano, alardeado por muitos como o maior feito científico dos últimos cem anos. [...]

Estes documentos podem interessar a você

A desbiologização da entidade familiar

 Direito e contrato   |  Direito civil   |  Estudo   |  20/11/2006   |  BR   |   .doc   |   37 páginas

Selecção de anticorpos recombinantes sintéticos contra a gp41 do VIH-1 por tecnologia de phage...

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Monografia   |  05/12/2006   |  BR   |   .doc   |   68 páginas

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas