Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Doença inflamatória pélvica

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
ITPAC

Informações do trabalho

Frederico L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo
Número de páginas
35 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
274 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
1 Avaliaçao cliente
4
escrever um comentário
  1. Definição
  2. Aspectos epidemiológicos
  3. Fatores de risco
  4. Mecanismos de defesa
  5. Etiopatogenia
  6. Patogênese
  7. Diagnóstico clínico: Critérios
    1. Critérios Maiores
    2. Critérios menores
  8. Critérios de confirmação
  9. Diagnósticos diferenciais
  10. Manifestações clínicas
  11. Exames complementares
    1. Exames laboratoriais que auxiliam
    2. Exames de imagem
    3. Laparoscopia
  12. Tratamento
  13. Tratamento Ambulatórial
  14. Tratamento hospitalar
  15. Seguimento do tratamento
  16. Esquema para alta
  17. Indicação de tratamento cirúrgico
  18. Seqüelas
  19. Seqüelas: Adesões
  20. Seqüelas: Gravidez ectópica
  21. Seqüelas: Infertilidade
  22. Conclusão
  23. Bibliografia

Processo inflamatório acima do istmo uterino, onde não inclui complicações cirúrgicas ou da gestação. Mais importante doença infecciosa ginecológica Maior incidência em áreas urbanas Baixa mortalidade Alta morbidade Oclusão tubária em 12 a 25% 10 X maior risco de gestação ectópica Dor pélvica crônica em 18% Atividade sexual precoce Promiscuidade Ectopia cervical Parceiro com DST Uso de DIU Manipulação do canal cervical ou endométrio Baixo nível sócio econômico Duchas vaginais

[...] epidemiológicos Mais importante doença infecciosa ginecológica Maior incidência em áreas urbanas Baixa mortalidade Alta morbidade Oclusão tubária em 12 a X maior risco de gestação ectópica Dor pélvica crônica em 18% Fatores de risco Atividade sexual precoce Promiscuidade Ectopia cervical Parceiro com DST Uso de DIU Manipulação do canal cervical ou endométrio Baixo nível sócio econômico Duchas vaginais Mecanismos de defesa O organismo feminino possui inúmeros mecanismos que auxiliam impedindo a progressão de microorganismos patogênicos, são eles: Lactobacilos pH entre 3,8 e 4,2 Trofismo vaginal Colo sem alterações Muco cervical Menstruação Patogênese A DIP pode decorrer de alguns mecanismos patogênicos, os principais são: Ascensão: Mecanismos próprios favorecem Sucção fisiológica Vetores que facilitam a ascensão dos germes Endocervicite Endometrite Salpingite Piossalpíngeo / hidrossalpíngeo Pelviperitonite: Abscesso no fundo de saco posterior, tubo-ovariano, peri-hepatite (Sind. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Dismenorréia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Palestra   |  10/08/2007   |  BR   |   .ppt   |   39 páginas

Dor Pélvica Vulvovaginites e Doenças Inflamatórias Pélvica

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  23/03/2011   |  BR   |   .ppt   |   17 páginas

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas