Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Doenças exantemáticas na infância

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
medicina
Faculdade
FASEP

Informações do trabalho

Bernardo P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo
Número de páginas
69 diapositivo
Nível
Para todos
Consultado
473 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Sarampo
    1. Introdução
    2. Epidemiologia
    3. Quadro clínico
    4. Diagnóstico
    5. Complicações
    6. Tratamento
  2. Exantema Súbito
    1. Introdução
    2. Epidemiológicos
    3. Quadro clínico
    4. Diagnóstico
    5. Tratamento
  3. Eritema Infeccioso
    1. Introdução
    2. Quadro clínico
    3. Diagnóstico
    4. Tratamento
  4. Rubéola
    1. Introdução
    2. Epidemiologia
    3. Quadro clínico - Rubéola adquirida
    4. Diagnóstico
    5. Complicações
    6. Tratamento
    7. Prevenção
  5. Dengue: Agente Etiológico
  6. Dengue: Vetor: Aedes Aegypti
    1. Epidemiologia
    2. Quadro clínico
    3. Sinais de alerta no Dengue
    4. Clínica
    5. Diagnóstico Diferencial
    6. Exames Complementares
    7. Tratamento
    8. Critérios de Alta Hospitalar

Doenças exantemáticas Sarampo Rubéola Exantema Súbito Eritema Infeccioso Dengue Escarlatina Varicela Introdução Doença viral, autolimitada, alta transmissibilidade, altamente contagiosa, e aguda Etiologia - vírus gênero Morbillivírus Epidemiologia Transmissão por gotículas contaminadas Período de contágio Desnutrição e Sarampo

[...] Quadro clínico Em geral não se acompanha de manifestações sistêmicas Exantema inicia-se na face sob forma de eritema difuso, maculopapular com palidez central, regride em 3 semanas Eritema Infeccioso Diagnóstico Clínico Provas especificas ELISA Radioimunoensaio Imunomicroscopia eletrônica PCR Hibridização Eritema Infeccioso Tratamento Não há tratamento específico Medidas de suporte Rubéola Prevenção Imunização ativa Soroconversão em 95% Eficácia Tríplice viral Dengue Agente Etiológico Gênero:Flavivírus 4 Sorotipos : e 4 Dengue Vetor: Aedes Aegypti Dengue Epidemiologia Ovoposição : Depósitos de águas paradas, preferencialmente limpas, como: pneus, latas, tanques, barris, caixas d'água, vasos de plantas aquáticas Dengue Epidemiologia Doméstico (peridomiciliar) Urbano Vive de 30 a 60 dias Pode transmitir o vírus por semanas ou meses, e até por toda a vida Vôo curto; pica o homem durante o dia Só fêmea é hematófoga Fêmea precisa de alimentação sangüínea para a maturação dos ovos Dengue Quadro clínico Dengue Clássico Febre Hemorrágica do Dengue Síndrome do Choque Hemorrágico Manifestações clínicas não usuais Sinais de alerta no Dengue Dor abdominal intensa e contínua Vômitos persistentes Hipotensão arterial e postural Hepatomegalia dolorosa Hemorragias importantes Agitação e/ou letargia Extremidades frias, cianose Aumento repentino do hematócrito Dengue Clínica: Anamnese (história da doença atual, epidemiologia, história patológica pregressa) Exame físico (geral, específico, prova do laço) Diagnóstico Diferencial Exames Complementares Específicos: Sorologia, isolamento viral Inespecíficos: Hemograma com contagem de plaquetas, transaminases, gasometria, eletrólitos, albumina, Rx de tórax e ultrassonografia de abdome Tratamento Sintomáticos Hidratação Reavaliação clínico-laboratorial Dengue Critérios de Alta Hospitalar Ausência de febre durante 24 hs Melhora visível do quadro clínico Ht normal e estável por 24 hs Plaquetas em elevação e acima de 50.000 Estabilização hemodinâmica durante 24 hs Derrames cavitários em reabsorção Escarlatina Introdução Enfermidade infecto contagiosa, associada com faringite estreptocócica Mais em crianças pré-escolares e escolares Etiologia Streptococcus ? hemolítico Conclusão As doenças Exantemáticas em geral são doenças infecto-contagiosas Elas possuem o diagnóstico essencialmente clínico Exantema é variável, de acordo com tipo de afecção: Macular Papular Vesicular Pustuloso Purpúrico Conclusão Exemplos de doenças [...]

Estes documentos podem interessar a você

Síndrome monolike e doenças exantemáticas

 Biologia e medicina   |  Fisioterapia   |  Dissertação   |  10/11/2008   |  BR   |   .ppt   |   137 páginas

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas